alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Saiba como foi o Grammy Awards 2016

    Taylor Swift e Kendrick Lamar foram alguns dos principais premiados da noite

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Na última segunda-feira, dia 15, aconteceu, no Staples Center, em Los Angeles, nos Estados Unidos, a 58ª edição do Grammy Awards – a maior premiação da música mundial, feita pela National Academy of Recording Arts and Sciences norte-americana.

    A cerimônia de 2016 foi marcada por emoção e muitas homenagens. Taylor Swift, como de costume, foi destaque no evento. Seu último disco, 1989, foi coroado como o Álbum do Ano, fazendo da cantora a primeira mulher a conquistar a honraria duas vezes.

    No palco, a artista fez um discurso sério, direcionado às mulheres e também ao rapper Kanye West, que ofendeu a norte-americana há um tempo com posicionamento machista.

    “Quero dizer a todas as mulheres jovens: haverá pessoas no caminho que tentarão desprezar o seu sucesso ou levar todos os créditos pelos seus êxitos ou pela sua fama. Mas se você focar no trabalho e não permitir que essas pessoas a menosprezem, um dia chegará ao seu destino, olhará à sua volta e saberá que foi você e aqueles que gostam de você que a colocaram no topo, e essa será a melhor sensação do mundo”, declarou Swift.

    1989 ainda rendeu à Taylor os prêmios de Melhor Álbum Vocal Pop e Melhor Videoclipe, pela produção do single “Bad Blood” – com participação de Kendrick Lamar e Selena Gomez.

    Maior indicado da edição, Kendrick Lamar levou cinco, das onze nomeações ao Grammy, entre elas Melhor Álbum de Rap, com To Pimp A Butterfly, e Melhor Música de Rap para “Alright”. O rapper também fez uma performance na qual homenageou as origens da população negra, interpretando as músicas “The Blacker The Berry” e “Alright”.

    Mark Ronson e Bruno Mars também foram prestigiados na cerimônia, pela faixa de sucesso “Uptown Funk” – considerada Gravação do Ano, Melhor Dupla Pop/Performance em Grupo e Melhor Gravação Remixada/Não-Clássica. O britânico Ed Sheeran não ficou atrás e recebeu um dos mais importantes troféus: o de Música do Ano, com “Thinking Out Loud”, além de Melhor Apresentação Solo Pop, pela mesma canção.

    Já Adele, que não concorreu a nenhuma categoria por ter estreado 25 após o prazo de lançamentos a entrarem na disputa do 58ª Grammy, fez uma apresentação de “All I Ask”, no palco, e enfrentou uma falha técnica no áudio. A artista utilizou a rede social Twitter para esclarecer o ocorrido.

    Para muitos, o grande momento da noite foi quando Lady Gaga apareceu caracterizada de David Bowie, cantando sucessos do astro e emocionando a plateia. Este foi considerado um dos melhores tributos já feitos.

    O Grammy Awards 2016 foi marcado por outras homenagens, como a banda Hollywood Vampires relembrando Lemmy Kilmister; os Eagles e Jackson Browne fazendo cover de Glenn Frey; Stevie Wonder interpretando “That’s The Way Of The World”, dos Earth, Wind & Fire, em memória de Maurice White, e B.B. King lembrado por Chris Stapleton, Gary Clark Jr e Bonnie Ratt.

    Lionel Richie, eleito a Personalidade do Ano, teve as vozes de Demi Lovato, Meghan Trainor, Luke Bryan e John Legend performando seus maiores hits. Ao final, o próprio artista foi ao palco e cantou “All Night Long”.

    Confira os principais trechos do Grammy Awards 2016 no nosso vídeo especial sobre a premiação, clicando aqui, e veja abaixo a lista completa dos vencedores desta edição:

    Álbum do Ano

    "1989" - Taylor Swift

     

    Artista Revelação

    Meghan Trainor

     

    Canção do Ano

    "Thinking Out Loud" - Ed Sheeran

     

    Gravação do Ano

    "Uptown Funk (Feat. Bruno Mars)" - Mark Ronson & Bruno Mars

     

    Melhor Álbum Vocal Pop

    "1989" - Taylor Swift

     

    Melhor Performance Vocal Pop

    "Thinking Out Loud" - Ed Sheeran

     

    Melhor Performance de Duo/Grupo

    "Uptown Funk (Feat. Bruno Mars)" - Mark Ronson

     

    Melhor Gravação Remixada, Não-Clássica

    "Uptown Funk (Feat. Bruno Mars)" - Dave Audé

     

    Melhor Clipe

    "Bad Blood (Feat. Kendrick Lamar)" - Taylor Swift & Kendrick Lamar

     

    Melhor Canção Para Mídia Visual

    "Glory (Feat. Common)" - John Legend & Common

     

    Melhor Filme Musical

    "AMY" - Amy Winehouse

     

    Melhor Performance Solo de Country

    "Traveller" - Chris Stapleton

     

    Melhor Performance de Country de Grupo/Duo

    "Girl Crush" - Little Big Town

     

    Melhor Canção de Country

    "Girl Crush" - Little Big Town

     

    Melhor Gravação de Dance Music

    "Where Are u Now (Feat. Justin Bieber)" - Jack U & Justin Bieber

     

    Melhor Álbum de Dance/Eletrônica

    "Skrillex And Diplo Present Jack Ü" - Jack U

     

    Melhor Performance de R&B

    "Earned It" - The Weeknd

     

    Melhor Canção de R&B

    "Really Love" - D'Angelo

     

    Melhor Álbum de Urban Contemporâneo

    "Beauty Behind The Madness" - The Weeknd

     

    Melhor Álbum de R&B

    "Black Messiah" - D'Angelo

     

    Melhor Performance de Metal

    "Cirice" - Ghost

     

    Melhor Canção de Rock

    "Don't Wanna Fight" - Alabama Shakes

     

    Melhor Performance de Rock

    "Don't Wanna Fight" - Alabama Shakes

     

    Melhor Álbum de Rock

    "Drones" - Muse

     

    Melhor Álbum de Música Alternativa

    "Sound & Color" - Alabama Shakes

     

    Melhor Performance de Rap

    "Alright" - Kendrick Lamar

     

    Melhor Colaboração de Rap/Vocal

    "These Walls (Feat. Anna Wise, Bilal & Thundercat)" - Kendrick Lamar

     

    Melhor Canção de Rap

    "Alright" - Kendrick Lamar

     

    Melhor Álbum de Rap

    "To Pimp A Butterfly" - Kendrick Lamar

     

    Melhor Álbum de Country

    "Traveller" - Chris Stapleton

     

    1. Home
    2. noticias
    3. saiba como foi o grammy …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.