Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Secretário do Ministério da Saúde responsável por combate ao coronavírus pede demissão

    Placeholder - loading - news single img
    Ex-secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira 08/04/2020 REUTERS/Adriano Machado

    Publicada em  

    Atualizada em  

    BRASÍLIA (Reuters) - O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, responsável diretamente pelo combate à epidemia de coronavírus, pediu demissão na manhã desta quarta-feira, informou o ministério.

    Um dos homens de confiança do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, Wanderson enviou uma carta a seus subordinados na manhã desta quarta avisando que não ficaria mais no ministério e que o ministro havia informado a seus auxiliares que seria demitido até o final desta semana.

    Na reunião dos secretário esta manhã, Wanderson informou aos colegas que fica no cargo apenas até sexta-feira, com ou sem a demissão do ministro.

    Na noite de terça, Mandetta reuniu seus secretários ao voltar do Palácio do Planalto e afirmou que seria demitido até o final desta semana. De acordo com duas fontes ouvidas pela Reuters, o anúncio do ministro não veio de uma conversa formal no Planalto, mas de um 'feeling' sobre a sua situação.

    No encontro, Mandetta foi aconselhado por alguns dos secretários a pedir demissão, mas o ministro se recusou e afirmou que iria esperar uma ação formal do presidente Jair Bolsonaro.

    Wanderson é o primeiro a anunciar sua demissão, mas boa parte dos secretário devem sair com Mandetta, de acordo com duas fontes ouvidas. Em carta a seus subordinados, o secretário de vigilância avisou que não ficaria no ministério sem Mandetta e que o mandato do ministro no cargo já havia acabado, restava preparar a saída.

    Do Planalto não há informações oficiais sobre a demissão de Mandetta. Ao sair do Palácio da Alvorada, Bolsonaro disse a apoiadores que iria resolver 'a questão da saúde' para 'tocar o barco', mas não citou o nome do ministro.

    Ainda está prevista a participação de Mandetta na tradicional entrevista no Planalto com atualização dos números da epidemia, no final da tarde.

    (Reportagem de Lisandra Paraguassu)

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. secretario do ministerio da …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.