alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Seria o colágeno a fonte para a juventude? Talvez

    Especialistas esclarecem tudo sobre o suplemento.

    Placeholder - loading - news single img
    Mulher cuidando da pele do rosto (Foto: Pixabay)

    2288

    Publicada em  

    À medida que envelhecemos, um olhar mais observador através do espelho pode revelar algumas linhas finas, rugas, manchas da idade e pele flácida. A espessura dos cabelos, as articulações rangendo ou a perda de músculos também podem ser um sinal de que a idade está chegando.

    Muitos dizem que o colágeno ingerível, o suplemento de proteína que disparou em popularidade, ajuda a melhorar todas essas questões. Então, você deve começar a tomar colágeno como parte de sua rotina antienvelhecimento? A rede norte-americana CNN tentou uma resposta para a questão.

    Embora as evidências sobre o suplemento estejam longe de serem conclusivas, a maioria dos médicos concorda que há pouca desvantagem em experimentá-lo se desejar.

    Colágeno decodificado

    O colágeno é a proteína mais abundante no corpo. Fornece estrutura e suporte aos tecidos, incluindo pele, cabelos e unhas, além de músculos, ossos, cartilagens e tendões.

    "É como a estrutura dentro do seu colchão", disse o Joshua Zeichner, médico e diretor de pesquisa clínica e cosmética do Departamento de Dermatologia do Hospital Mount Sinai, em Nova York. "Na pele, a estrutura é o colágeno, as molas são as fibras elásticas e o enchimento é o ácido hialurônico".

    Nosso corpo está sempre produzindo colágeno, mas o processo começa a desacelerar após os 30 anos. Isso é o que contribui para o aparecimento de rugas e imperfeições na pele, de acordo com Zeichner.

    Outros fatores, como estresse, luz solar, poluição, tabagismo e uma dieta rica em açúcar, também podem acelerar a perda de colágeno. Por outro lado, comer uma dieta rica em proteínas, juntamente com o uso adequado de filtro solar e uma boa rotina de cuidados com a pele, pode preservar o colágeno.

    O que há dentro de um suplemento de colágeno

    Carne bovina, suína de peixe são fontes populares de suplementos de colágeno, que oferecem a proteína em uma forma hidrolisada. Isso significa que é dividido em unidades menores, incluindo aminoácidos e peptídeos, que são facilmente absorvidos e podem chegar aos tecidos, incluindo a pele.

    Os suplementos contêm especificamente grandes quantidades de três aminoácidos que são os principais componentes da síntese de colágeno no corpo: glicina, prolina e hidroxiprolina.

    Eles geralmente vêm em forma de proteína em pó ou como uma pílula - embora também existam barras de proteína de colágeno e gomas. Os pós podem ser aromatizados ou não, e podem ser adicionados a qualquer alimento.

    Caldo de osso derivados de carne bovina ou de frango também podem ser uma boa fonte de colágeno, embora não haja muitas evidências de benefícios para a pele ou articulações, de acordo com a Patricia Farris, dermatologista e pesquisadora da Academia Americana de Dermatologia.

    Como o colágeno ingerível funciona

    O modo como eles funcionam é duplo: um é que os aminoácidos do suplemento podem proteger o colágeno existente do corpo, funcionando como antioxidantes, bloqueando a ação de enzimas que quebram a proteína e, por fim, impedem o desenvolvimento de rugas, explicou Farris.

    A outra é que você simplesmente produz mais colágeno alimentando os peptídeos do corpo, as cadeias curtas de aminoácidos que suas células usam como blocos de construção do colágeno. De fato, de acordo com Zeichner, altos níveis de peptídeos de colágeno podem realmente levar o corpo a pensar que seu colágeno natural está se deteriorando, estimulando a formação de mais dele como resultado.

    Não há muitos dados definitivos sobre o colágeno ingerível, mas pesquisas preliminares sugerem que os suplementos podem ajudar a construir massa muscular magra; melhorar a hidratação e elasticidade da pele; reduzir rugas da pele; e reduzir a dor nas articulações e/ou rigidez - embora possa levar pelo menos três meses para obter benefícios, de acordo com ConsumerLab.com.

    Você deveria usá-lo?

    Segundo os especialistas, simplesmente não há dados e padronização suficientes para fazer boas recomendações clínicas sobre o colágeno ingerível.

    Os estudos realizados "foram pequenos e, em grande parte, financiados pela empresa, e pode levar cerca de oito semanas de uso diário para se obter um benefício", acrescentou Tod Cooperman, presidente e fundador do ConsumerLab.com.

    Os resultados da pesquisa também não deram uma imagem clara de como o colágeno pode afetar visivelmente a pele de uma pessoa. Um estudo mediu uma redução de 17,7% no volume de rugas oculares após 8 semanas de ingestão de colágeno hidrolisado, mas ainda não está claro se essa redução é significativa o suficiente, explicou Farris.

    Depois, há o fato de que os grupos demográficos podem ser limitados nos estudos - por exemplo, um estudo pode encontrar melhorias na elasticidade da pele entre um grupo de mulheres com pele clara, mas isso não diz nada sobre as pessoas de outros grupos demográficos, como como indivíduos mais velhos, do sexo masculino ou de pele mais escura, disse a Dra. Anne Chapas, dermatologista e diretora médica da Union Square Laser Dermatology, em Nova York.

    Além disso, muitas vezes é difícil esclarecer se o colágeno é responsável por quaisquer benefícios ou se há outra coisa na fórmula, na dieta das pessoas ou na rotina de cuidados com a pele.

    Outro fator a considerar é que podem ocorrer efeitos colaterais leves. Isso pode incluir sintomas gastrointestinais, dor de cabeça, tontura ou erupção cutânea, de acordo com a ConsumerLab.com.

    Mas se sua dieta é de junk food, "a adição de colágeno por si só não terá o mesmo benefício que alguém cuja dieta é saudável e equilibrada", acrescentou Jen Scheinman, nutricionista registrada de Colorado, que toma colágeno e recomenda-o a cerca de metade das mulheres em seu consultório particular.

    Na hora de escolher o melhor colágeno para você, é sempre importante consultar um médico. Apenas um especialista saberá indicar o suplemento mais eficaz e seguro.

    1. Home
    2. noticias
    3. seria o colageno a fonte para …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.