alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE acordocomercial

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Trump promete acordo comercial pós-Brexit 'fenomenal' ao Reino Unido e solução para caso Huawei

    Trump promete acordo comercial pós-Brexit 'fenomenal' ao Reino Unido e solução para caso Huawei

    Por Steve Holland e William James

    LONDRES (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, prometeu nesta terça-feira firmar um acordo comercial 'fenomenal' com o Reino Unido após a separação britânica da União Europeia e resolver quaisquer diferenças com o governo britânico quanto ao papel da empresa chinesa Huawei na construção de redes 5G.

    Após ser recepcionado pela rainha Elizabeth no primeiro dia de sua visita de Estado ao país na véspera, Trump se voltou para a política nesta terça-feira, parabenizando a primeira-ministra de saída, Theresa May, e elogiando dois de seus possíveis sucessores.

    O colapso da liderança de May, provocado pelo Brexit, provocou temores de que Trump pudesse humilhá-la publicamente.

    Ao invés disso, Trump passou longe de qualquer retórica que pudesse constrangê-la e comentou até temas mais delicados, como a sucessão da premiê e a Huawei.

    Trump mencionou o ex-prefeito de Londres Boris Johnson, que disse que o Reino Unido deveria sair da UE em 31 de outubro com ou sem acordo, e Jeremy Hunt, secretário das Relações Exteriores que desaconselhou uma desfiliação sem acordo.

    'Conheço Boris, gosto dele, gosto dele há muito tempo. Acho que ele faria um ótimo trabalho', disse Trump a repórteres em uma coletiva de imprensa ao lado de May na chancelaria britânica.

    'Conheço Jeremy, acho que ele faria um ótimo trabalho', acrescentou.

    Quando indagado se uma decisão provisória de ministros britânicos de permitir à Huawei um papel limitado nas redes 5G afetará a cooperação de segurança com o maior aliado do Reino Unido, Trump disse que resolverá as questões.

    'Temos um relacionamento de inteligência incrível e conseguiremos resolver quaisquer diferenças', afirmou.

    'De fato o debatemos, não vejo absolutamente nenhuma limitação, jamais tivemos limitações, este é um aliado e parceiro realmente ótimo e não teremos problema com isso'.

    O governo Trump disse a aliados para não usarem tecnologia e equipamentos 5G da Huawei por temer que isso permitiria à China espionar comunicações e dados sigilosos. A Huawei nega que é, ou poderia ser, um veículo da inteligência chinesa.

    Quanto ao Brexit, Trump disse que ele acontecerá.

    'Eu diria... penso que acontecerá e provavelmente deveria acontecer. Este é um grande, grande país e quer sua própria identidade, quer ter suas próprias fronteiras, quer cuidar de seus próprios assuntos. Este é um lugar muito, muito especial'.

    (Reportagem adicional de Elizabeth Piper, Andrew MacAskill, William James, Costas Pitas, Kate Holton, Kylie MacLellan e Michael Holden)

    17

    1 S

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Trump diz esperar acordo comercial de 'larga escala' com o Reino Unido

    Trump diz esperar acordo comercial de 'larga escala' com o Reino Unido

    WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quinta-feira que antevê um acordo comercial de 'larga escala' com o Reino Unido, no momento em que o governo britânico enfrenta dificuldades para alcançar um pacto de separação da União Europeia.

    O rompimento de Londres com a UE alteraria as relações comerciais britânicas e forçaria o país a ir à mesa de negociação para firmar acordos comerciais bilaterais com outros países, incluindo os EUA.

    'Meu governo espera negociar um acordo comercial de larga escala com o Reino Unido. O potencial é ilimitado!', disse Trump no Twitter.

    O escritório do representante comercial dos EUA já anunciou que iniciará conversas com o Reino Unido depois de sua saída da UE, planejada para 29 de março. No mês passado o órgão delineou seus objetivos para um pacto, que incluíram barreiras tarifárias e não tarifárias reduzidas para bens industriais e agrícolas norte-americanos.

    Trump fez do comércio e da economia de seu país um pilar de sua Presidência, alinhado à sua campanha 'América Primeiro', e vem tentando negociar pactos com China, Canadá e México, além da UE.

    Faltando pouco mais de duas semanas para o Brexit sem a existência de um acordo firme, o Parlamento britânico deve votar nesta quinta-feira para decidir se pede um adiamento de última hora para a desfiliação depois de os parlamentares rejeitarem duas vezes o acordo da primeira-ministra, Theresa May.

    (Reportagem de Susan Heavey)

    32

    3 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. acordocomercial

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.