alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE culpa

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Pompeo culpa Rússia e Cuba por crise na Venezuela; Rosneft rejeita acusações

    Pompeo culpa Rússia e Cuba por crise na Venezuela; Rosneft rejeita acusações

    Por Matt Spetalnick e Lesley Wroughton

    WASHINGTON/MOSCOU (Reuters) - O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, culpou Rússia e Cuba na segunda-feira por provocarem a crise política na Venezuela apoiando o presidente Nicolás Maduro, e disse que exortou a Índia a não ajudar Caracas comprando petróleo venezuelano.

    Os comentários foram feitos depois que o Departamento do Tesouro dos EUA impôs sanções ao banco russo Evrofinance Mosnarbank por ajudar a petroleira estatal venezuelana PDVSA a driblar restrições financeiras norte-americanas.

    'Essa história não está completa sem reconhecer o papel central que Cuba e Rússia desempenharam e continuam a desempenhar minando os sonhos democráticos do povo venezuelano e seu bem-estar', disse Pompeo a repórteres.

    'Moscou, como Havana, continua a proporcionar cobertura política ao regime Maduro, ao mesmo tempo pressionando países para que desconsiderem a legitimidade democrática do presidente interino Guaidó', acrescentou.

    O governo do presidente Donald Trump vem adotando medidas para aumentar a pressão sobre Maduro e fortalecer o líder opositor Juan Guaidó, reconhecido pelos EUA e por mais de 50 outros países como presidente interino.

    Mas Maduro, que acusa Guaidó de uma tentativa de golpe dirigida por Washington, ainda tem o apoio da Rússia e da China, além do controle de instituições estatais, incluindo os militares.

    Pompeo se reuniu com o secretário das Relações Exteriores indiano, Vijay Gokhale, na segunda-feira, com o qual debateu a compra de petróleo venezuelano por parte da Índia.

    'Estamos pedindo à Índia a mesma coisa que aos outros países: não sejam os salva-vidas econômicos do regime Maduro', disse Pompeo.

    'Tenho muita confiança na mesma maneira com que a Índia tem sido incrivelmente solidária com nossos esforços com o Irã, tenho confiança de que eles também entendem a verdadeira ameaça ao povo venezuelano'.

    O mercado indiano é crucial para a economia da Venezuela, sendo historicamente o segundo maior cliente que compra o petróleo cru do país da Opep pagando em dinheiro, só ficando atrás dos EUA, que vêm cedendo o controle de grande parte dessa renda a Guaidó por meio das sanções impostas a Maduro.

    Pompeo disse que a gigantesca petroleira estatal russa Rosneft também está desafiando sanções dos EUA ao comprar petróleo da PDVSA, mas a Rosneft disse que os contratos foram firmados antes da última leva de sanções norte-americanas ser adotada em janeiro e que pode procurar os tribunais para se defender se for necessário.

    (Reportagem adicional de Mohammad Zargham e David Alexander em Washington; Gabrielle Tetrault-Farber, Tatiana Voronova, Elena Fabrichnaya e Katya Golubkova, em Moscou; Nailia Bagirova em Baku)

    0

    0

    13

    1 S

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Trump culpa democratas por turbulência do mercado acionário

    Trump culpa democratas por turbulência do mercado acionário

    WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que reivindica crédito por ganhos no mercado de ações, culpou nesta sexta-feira a vitória da oposição democrata na disputa pelo controle da Câmara dos Deputados pela turbulência nas bolsas em dezembro.

    Trump também tentou acalmar as preocupações dos investidores, dizendo que os mercados logo vão se acalmar.

    Temores de uma desaceleração econômica global têm agitado os mercados financeiros globais nos últimos meses, em meio a preocupações sobre a guerra comercial entre EUA e China, tarifas e outras preocupações econômicas.

    Os principais índices de ações dos EUA registraram seu pior desempenho anual em uma década em 2018, com o Dow Jones

    Desde que assumiu o cargo, em janeiro de 2017, Trump tem repetidamente assumido o crédito pelos ganhos do mercado acionário, frequentemente tuitando comentários autoelogiosos no Twitter. S&P 500 e Dow atingiram recordes durante o governo Trump.

    Em meio a preocupações de mercado nos últimos meses, Trump culpou os democratas depois que eles ganharam o controle da Câmara dos Deputados na eleição de novembro, mas a nova legislatura só tomou posse em 3 de janeiro. Ele também criticou o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell.

    'Como já afirmei várias vezes, se os democratas assumirem a Câmara ou o Senado, haverá uma ruptura nos mercados financeiros. Nós ganhamos o Senado, eles ganharam a Câmara. As coisas vão se acalmar', escreveu Trump no Twitter nesta sexta-feira.

    (Reportagem de Susan Heavey)

    0

    0

    15

    2 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. culpa

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.