alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE ernestoaraujo

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia ENTREVISTA-Brasil diz que militares russos devem deixar Venezuela se objetivo deles é manter Maduro no poder

    ENTREVISTA-Brasil diz que militares russos devem deixar Venezuela se objetivo deles é manter Maduro no poder

    BRASÍLIA (Reuters) - Os militares russos enviados à Venezuela devem deixar o país se o seu propósito for o de manter o governo de esquerda no poder, disse o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, nesta quinta-feira.

    Em entrevista à Reuters, Araújo disse que ele espera que a Rússia reconheça que apoiar o presidente Nicolás Maduro apenas aprofundará o colapso da economia e sociedade venezuelanas, e que o único modo de sair da crise é realizar eleições sob um governo interino liderado pelo líder da oposição Juan Guaidó.

    'Se a ideia deles é manter Maduro no poder por mais tempo, isso significa mais pessoas passando fome e fugindo do país, mais tragédia humana na Venezuela', disse o ministro.

    'Qualquer coisa que contribua para a continuação do sofrimento do povo venezuelano deve ser removida', disse ele em entrevista por telefone.

    Na quarta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu que a Rússia retire seus militares da Venezuela e disse que 'todas as opções' estão em aberto para que isso ocorra.

    O presidente Jair Bolsonaro, cujo governo se uniu a uma coalizão liderada pelos EUA para levar ajuda humanitária até a Venezuela, disse que as Forças Armadas brasileiras não têm intenção alguma de intervir militarmente no país vizinho.

    A chegada de dois aviões da Força Aérea russa no subúrbio de Caracas no sábado transportando, acredita-se, cerca de 100 membros das forças especiais russas e equipes de cibersegurança escalaram a crise política na Venezuela. A Rússia disse nesta quinta-feira que eram 'especialistas' enviados à Venezuela sob um acordo de cooperação militar e que ficariam lá.

    Araújo disse que o Brasil gostaria de discutir a crise venezuelana bilateralmente com a Rússia e a China, suas parceiras no Brics, para convencê-las que uma transição diplomática no país produtor de petróleo pode ser também de seu interesse.

    Com o reconhecimento dos países do Grupo de Lima de Guaidó como líder legítimo da Venezuela, o Brasil está agora focado em ter os representantes dele reconhecidos por organizações internacionais em vez de os de Maduro, disse Araújo, como aconteceu recentemente no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

    (Por Anthony Boadle)

    0

    0

    24

    1 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Embaixador admirador de Trump, Ernesto Araújo assumirá Itamaraty de Bolsonaro

    Embaixador admirador de Trump, Ernesto Araújo assumirá Itamaraty de Bolsonaro

    BRASÍLIA (Reuters) - O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou nesta quarta-feira que o embaixador Ernesto Araújo, um admirador do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, será seu ministro das Relações Exteriores a partir de janeiro.

    'A política externa brasileira deve ser parte do momento de regeneração que o Brasil vive hoje. Informo a todos a indicação do embaixador Ernesto Araújo, diplomata há 29 anos e um brilhante intelectual, ao cargo de ministro das Relações Exteriores', escreveu Bolsonaro no Twitter.

    Durante a campanha eleitoral em que Bolsonaro foi eleito, Araújo defendeu ideias do então presidenciável do PSL em um blog na internet 'contra o globalismo'. Atual diretor do Departamento de EUA, Canadá e Assuntos Interamericanos do Itamaraty, ele foi recentemente promovido a embaixador e jamais chefiou uma embaixada do Brasil no exterior.

    Em entrevista ao lado de Bolsonaro no Centro Cultural Banco do Brasil, onde está localizada a transição de governo, Araújo elogiou o futuro chefe e disse que o Brasil vive 'um momento extraordinário' com a eleição do capitão da reserva do Exército ao Palácio do Planalto.

    'Antes de tudo, (principal linha de trabalho é) garantir que esse momento extraordinário que o Brasil está vivendo com a eleição do presidente Bolsonaro se traduza dentro do Itamaraty. Uma política efetiva, uma política em função do interesse nacional, uma política de um Brasil atuante, de um Brasil feliz, de um Brasil próspero', disse o futuro chanceler, de 51 anos, acrescentando que não haverá preferência na escolha de parceiros.

    Bolsonaro afirmou que Araújo foi escolhido por seu perfil e por sua iniciativa e terá a missão de incrementar os negócios do Brasil com todo o mundo sem o que chamou de 'viés ideológico'.

    'Obviamente motivar o MRE, incrementar a questão de negócios com o mundo todo sem o viés ideológico, não interessa se de um lado ou de outro. Ter iniciativa e, com todo o respeito, algumas instituições perderam seu brilho ao longo dos últimos anos, queremos o MRE brilhando', disse.

    Araújo é um admirador de Trump, também constantemente elogiado por Bolsonaro.

    Em artigo intitulado 'Trump e o Ocidente', publicado em um periódico diplomático, o futuro chefe do Itamaraty argumenta que o presidente dos EUA está salvando a civilização cristã ocidental do islamismo radical e do “marxismo cultural globalista” ao defender a identidade nacional, os valores familiares e a fé cristã, enquanto a Europa não o faz.

    O Brasil tem a chance de recuperar sua “alma ocidental”, adotar a vertente de nacionalismo de Trump e buscar os interesses nacionais, ao invés de ficar preso a blocos de nações, escreveu ele.

    (Reportagem de Mateus Maia; Reportagem adicional de Eduardo Simões, em São Paulo)

    0

    1

    34

    6 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. ernestoaraujo

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.