alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE missil

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Irã diz ter testado míssil balístico recentemente

    Irã diz ter testado míssil balístico recentemente

    GENEBRA (Reuters) - Um comandante de alto escalão da Guarda Revolucionária do Irã disse nesta terça-feira que o país realizou um teste de míssil balístico recentemente, mas não especificou que tipo de míssil foi testado, de acordo com a Fars News.

    O comentário parece confirmar um relato do secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, que no início deste mês disse que o Irã testou 'um míssil balístico de alcance médio que é capaz de armazenar múltiplas ogivas nucleares'. O míssil pode atingir todo o Oriente Médio e partes da Europa, disse Pompeo.

    O presidente dos EUA, Donald Trump, retirou seu país de um acordo internacional sobre o programa nuclear iraniano em maio e voltou a impor sanções contra Teerã. Ele disse que o acordo era problemático por não incluir limites ao desenvolvimento iraniano de mísseis balísticos ou ao seu apoio a aliados na Síria, Iêmen, Líbano e Iraque.

    'Continuaremos nossos testes de míssil, e esta ação recente foi um teste importante', disse Amirali Hajizadeh, chefe da divisão aeroespacial da Guarda Revolucionária, segundo a Fars News. Ele acrescentou: 'A reação dos americanos mostra que este teste foi muito importante para eles, e é por isso que estavam gritando.'

    O Irã realiza até 50 testes de míssil por ano, afirmou Hajizadeh.

    Teerã tem descartado negociar seus recursos militares com Washington, especialmente o programa de mísseis a cargo da Guarda Revolucionária. O país diz que seu programa de mísseis é apenas defensivo e nega que seus mísseis sejam capazes de carregar armas nucleares.

    (Reportagem de Babak Dehghanpisheh)

    0

    0

    16

    1 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia EUA detectam nova atividade em instalação norte-coreana de míssil balístico

    EUA detectam nova atividade em instalação norte-coreana de míssil balístico

    Por David Brunnstrom

    WASHINGTON (Reuters) - Satélites de espionagem dos Estados Unidos detectaram a retomada de atividades em uma fábrica da Coreia do Norte que produziu o primeiro míssil balístico intercontinental (ICBM) do país capaz de atingir o território norte-americano, disse uma autoridade de alto escalão dos EUA, em meio a conversas para persuadir Pyongyang a abdicar de suas armas nucleares.

    Fotos e imagens de infravermelho indicam veículos entrando e saindo da instalação de Sanumdong, mas não mostram o quão avançada pode estar uma possível construção de mísseis, disse o funcionário à Reuters na noite de segunda-feira sob condição de anonimato porque a informação é confidencial.

    Também na segunda-feira o jornal Washington Post noticiou que a Coreia do Norte parece estar fabricando um ou dois novos mísseis balísticos intercontinentais de combustível líquido na grande instalação de pesquisa situada nos arredores de Pyongyang, citando fontes não identificadas a par de relatórios de inteligência.

    De acordo com a autoridade norte-americana que conversou com a Reuters, uma foto mostrou um caminhão e um trailer coberto semelhantes aos que os norte-coreanos usaram para transportar seus ICBMs. Como o trailer estava coberto não foi possível saber se transportava algo e o que seria.

    A Casa Branca disse que não fala sobre inteligência. Uma autoridade graduada do escritório presidencial da Coreia do Sul disse que agências de inteligência sul-coreanas e dos EUA estão analisando atentamente várias movimentações norte-coreanas, mas não fez nenhum comentário específico.

    Os indícios obtidos neste mês são os mais recentes a indicarem atividades em andamento nas instalações nucleares e de mísseis da Coreia do Norte, apesar das conversas com Washington e uma cúpula entre o líder norte-coreano, Kim Jong Un, e o presidente norte-americano, Donald Trump, em junho.

    Pouco depois dela Trump declarou que a Coreia do Norte não representa mais uma ameaça nuclear. Kim se comprometeu, em um comunicado abrangente emitido após a cúpula, a trabalhar para a desnuclearização, mas Pyongyang não detalhou como pode realizá-la e as conversas subsequentes não correram bem.

    Não foi a primeira vez que a inteligência dos EUA se chocou com o otimismo do presidente. No final de junho autoridades norte-americanas disseram à mídia de seu país que agências de inteligência acreditam que a Coreia do Norte intensificou a produção de combustível para armas nucleares e que não pretende abrir mão de seu arsenal nuclear.

    (Reportagem adicional de David Alexander e Joyce Lee)

    0

    0

    35

    5 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. missil

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.