alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE pedido

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Temer se entrega à PF em São Paulo e terá pedido de liberdade julgada pelo STJ na 3ª feira

    Temer se entrega à PF em São Paulo e terá pedido de liberdade julgada pelo STJ na 3ª feira

    Por Ricardo Brito

    BRASÍLIA (Reuters) - O ex-presidente Michel Temer entregou-se na tarde desta quinta-feira na sede da Polícia Federal em São Paulo, um dia após desembargadores do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) terem cassado habeas corpus anterior e ordenado o retorno do emedebista à prisão preventiva por envolvimento na operação Lava Jato.

    O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que o pedido de liberdade apresentado pela defesa de Temer será julgado na próxima-terça-feira.

    O TRF-2 tinha cassado habeas corpus que beneficiava o ex-presidente e o ex-coronel da Polícia Militar de São Paulo João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, amigo pessoal de Temer.

    O ex-presidente e Lima haviam sido presos em março no âmbito da operação Descontaminação, que apura desvios de recursos na Eletronuclear e soltos poucos dias depois, graças ao habeas corpus agora cassado.

    A Justiça tinha dado um prazo para que Temer se entregasse até às 17h desta quinta-feira. O ex-presidente disse que iria se apresentar voluntariamente -- fez isso antes das 15 horas.

    Temer teve atendido o pedido para permanecer em São Paulo, Estado de sua residência, evitando que fosse levado ao Rio de Janeiro.

    Em outra frente de investigação, Temer, Lima, Carlos Alberto Costa, sócio do coronel, e empresas tiveram recursos bloqueados pela Justiça Federal no âmbito do chamado processo do inquérito dos portos.

    A decisão de bloqueio de bens e valores, que é de 29 de abril, ultrapassa 32,6 milhões de reais. As buscas no CPF e no CNPJ dos envolvidos resultaram na indisponibilidade de 15 veículos, imóveis, com valores ainda não divulgados, e cerca de 514 mil reais. O sigilo dos autos foi levantado nesta quarta-feira.

    23

    1 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Premiê May pede adiamento de 3 meses para o Brexit; UE resiste

    Premiê May pede adiamento de 3 meses para o Brexit; UE resiste

    Por Elizabeth Piper e Kylie MacLellan e William James

    LONDRES (Reuters) - A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, pediu nesta quarta-feira três meses de adiamento para a desfiliação britânica da União Europeia para ter tempo de conseguir a aprovação de seu acordo de separação no Parlamento após duas derrotas, mas o pedido enfrentou resistência imediata da Comissão Europeia.

    May disse que o Reino Unido continua comprometido a deixar a UE 'de forma ordeira' e que deseja adiar o Brexit para 30 de junho, ante prazo original de 29 de março.

    Mas um documento da Comissão Europeia visto pela Reuters disse que o adiamento deveria ou ser várias semanas mais curto, para não coincidir com as eleições europeias de maio, ou se estender ao menos até o final do ano, o que obrigaria o Reino Unido a participar das eleições.

    A libra esterlina sofreu uma queda acentuada depois que May pediu a prorrogação.

    Quase três anos depois de o Reino Unido votar a favor da separação da UE e nove dias antes do prazo formal de saída, os políticos britânicos ainda estão discutindo como, quando e até mesmo se a quinta maior economia do mundo deveria se separar do bloco ao qual se uniu em 1973.

    Quando May estabeleceu 29 de março como data de saída dois anos atrás, ao acionar formalmente o Artigo 50 do tratado da UE, declarou que 'não haveria recuo', mas a recusa do Parlamento a ratificar o acordo de desfiliação que ela acertou com a UE mergulhou seu governo em uma crise.

    Agora a premiê escreveu ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, pedindo um adiamento.

    'Como primeira-ministra, não estou preparada para adiar o Brexit para depois de 30 de junho', disse May durante uma sessão tumultuada no Legislativo.

    'Assim sendo, na manhã de hoje escrevi ao presidente Tusk, o presidente do Conselho Europeu, informando-o de que o Reino Unido busca uma prorrogação do período do Artigo 50 até 30 de junho'.

    Ela disse que pretende pedir ao Parlamento que vote uma terceira vez seu acordo de saída.

    May não informou quando a votação acontecerá, mas disse que adiar o Brexit não descarta a possibilidade de Londres sair sem um acordo.

    O opositor Partido Trabalhista disse que, ao optar por um adiamento curto, May está forçando os parlamentares britânicos a decidirem entre aceitar um pacto que já rejeitaram ou sair sem nenhum.

    Membros pró-Brexit do Partido Conservador, de May, se opõem a um atraso maior porque temem que isso possa significar que o Brexit nunca acontecerá.

    A UE disse que qualquer prorrogação deveria ser até 23 de maio, data das eleições para o Parlamento Europeu, ou então pelo menos até o final do ano, o que exigiria que o Reino Unido participasse das eleições. May disse que não é do interesse do Reino Unido participar das eleições europeias.

    'Qualquer extensão oferecida ao Reino Unido deve durar até 23 de maio de 2019 ou ser significativamente mais longa e demandar eleições europeias', disse o documento da UE.

    'Essa é a única forma de proteger o funcionamento das instituições da UE e a sua capacidade de tomar decisões.'

    (Reportagem adicional de Kate Holton e Alistair Smout, em Londres, e Alastair MacDonald, em Bruxelas)

    17

    2 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Embraer recebe pedido firme da American Airlines de 15 jatos E175, no valor de US$705 mi

    Embraer recebe pedido firme da American Airlines de 15 jatos E175, no valor de US$705 mi

    SÃO PAULO (Reuters) - A Embraer disse nesta segunda-feira que a American Airlines Inc. fez um pedido firme para mais quinze jatos E175, em um contrato de 705 milhões de dólares, com base nos atuais preços de lista.

    De acordo comunicado ao mercado da fabricante brasileira de aeronaves, a encomenda será incluída na carteira de pedidos firmes da Embraer (backlog) do quarto trimestre de 2018 e as entregas começarão em 2020.

    'Somado aos pedidos anteriores de E175 realizados pela companhia aérea, este novo contrato resulta em uma encomenda total de 104 aeronaves do modelo pela American Airlines desde 2013', disse a Embraer em comunicado.

    De acordo com a empresa brasileira, a American Airlines selecionou sua subsidiária Envoy para operar as quinze aeronaves, que serão configuradas com um total de 76 assentos, sendo 12 assentos de primeira classe e 64 de classe econômica, incluídos os de classe econômica extra.

    'Este novo pedido da American Airlines mostra o valor que as companhias aéreas seguem depositando no nosso bem sucedido jato E175', disse o diretor de Marketing e Vendas para a América do Norte da Embraer Aviação Comercial, Charlie Hills.

    Com este novo contrato, a Embraer disse que vendeu mais de 435 jatos do modelo E175 para companhias aéreas na América do Norte desde janeiro de 2013, obtendo mais de 80 por cento do total de pedidos no segmento de jatos de até 76 assentos.

    A Embraer está negociando há meses com a Boeing um acordo no qual a fabricante de aviões norte-americana passaria a deter 80 por cento da divisão comercial da companhia brasileira, que ficaria com os 20 por cento restantes.

    O governo tem uma 'golden share' na Embraer, que lhe dá poderes para aprovar e vetar temas estratégicos para a empresa. O governo do presidente Michel Temer esperava a definição da eleição presidencial para apresentar o projeto e encaminhar a parceria entre as duas fabricantes.

    Em entrevista na semana passada, o presidente eleito Jair Bolsonaro prometeu apoiar o acordo.

    (Por Paula Arend Laier)

    24

    7 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. pedido

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.