alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE politics

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Chegada de avião de passageiros da Rússia alimenta rumores na Venezuela

    Chegada de avião de passageiros da Rússia alimenta rumores na Venezuela

    CARACAS (Reuters) - A chegada incomum de um avião de passageiros da Rússia a Caracas desencadeou rumores nas redes sociais a respeito de sua missão, uma vez que o Kremlin prometeu acudir o aliado presidente venezuelano, Nicolás Maduro, diante de um esforço apoiado pelos Estados Unidos para tirá-lo do poder.

    O Boeing 777, que acomoda até 400 passageiros e pertence à empresa aérea russa Nordwind Airlines, foi posicionado em um espaço particular do aeroporto depois de voar diretamente de Moscou, de acordo com dados de monitoramento de voo e fotos da Reuters.

    O mesmo avião voou de Moscou a Caracas no dia 3 de dezembro, mostraram os dados, coincidindo com quando Maduro viajou à Rússia para se reunir com o presidente russo, Vladimir Putin.

    Nem a Nordwind nem o governo venezuelano responderam de imediato a um pedido de comentário sobre a razão do voo para Caracas.

    As redes sociais da Venezuela ficaram repletas de teorias -- que a aeronave levava mercenários, estava lá para escoltar Maduro ao exílio ou estava carregada de ouro. Nenhuma das teorias se baseou em indícios concretos, mas a especulação febril é um termômetro do clima de incerteza no país agora que Maduro sofre pressões internacionais sem precedentes para renunciar.

    Na semana passada a Reuters noticiou que agentes militares privados que realizam missões secretas para Moscou voaram para a Venezuela para reforçar a segurança de Maduro, tendo em vista os protestos em massa da oposição naquela mesma semana, segundo pessoas próximas aos russos.

    O avião que está em Caracas normalmente voa entre a Rússia e o sudeste asiático, e não há registro de que já tenha ido antes à Venezuela, de acordo com dados de voo disponíveis ao público. Nem a Nordwind nem outras linhas aéreas comerciais oferecem voos Moscou-Caracas diretos.

    O jornal russo Novaya Gazeta noticiou que a aeronave partiu com dois tripulantes e nenhum passageiro.

    Maduro afirma estar lidando com uma tentativa de golpe endossada por Washington e liderada pelo líder opositor Juan Guaidó, que na semana passada se proclamou presidente e foi reconhecido pelos EUA como o chefe de Estado legítimo da nação.

    A Rússia acusou o governo do presidente norte-americano, Donald Trump, de tentar usurpar o poder da Venezuela e desaconselhou uma intervenção militar. Na terça-feira o Kremlin repudiou as novas sanções dos EUA ao vital setor petrolífero venezuelano, que viu como uma interferência ilegal nos assuntos do país-membro da Opep.

    (Por Andres Martinez Casares; Reportagem adicional de Luc Cohen)

    1

    0

    127

    3 S

    Placeholder - loading - Imagem da notícia EXCLUSIVO-Táticas protelatórias de Mianmar impedem retorno de rohingyas, diz Bangladesh

    EXCLUSIVO-Táticas protelatórias de Mianmar impedem retorno de rohingyas, diz Bangladesh

    Por Jonathan Spicer e Rodrigo Campos

    NOVA YORK (Reuters) - A líder de Bangladesh acusou o governo do vizinho Mianmar de encontrar novas desculpas para adiar o retorno de mais de 700 mil rohingyas que foram forçados a cruzar a fronteira ao longo do último ano, e disse em uma entrevista concedida na noite de terça-feira que sob nenhuma circunstância os refugiados permanecerão em seu país já superpovoado.

    'Já tenho 160 milhões de pessoas no meu país', disse a primeira-ministra Sheikh Hasina quando indagada se Bangladesh estaria disposta a reverter sua política contra a integração permanente. 'Não posso receber mais nenhum fardo. Não posso recebê-lo. Meu país não suporta'.

    Sheikh conversou com a Reuters em Nova York, onde participa da reunião anual de líderes mundiais na Organização das Nações Unidas (ONU).

    A premiê, que enfrenta uma eleição nacional em dezembro, disse que não quer comprar uma briga com Mianmar por causa dos refugiados, mas insinuou que está ficando sem paciência com a líder de Mianmar e vencedora do Prêmio Nobel da Paz, Aung San Suu Kyi, e com seus militares, que ela disse deterem o 'poder principal' na nação.

    Sheikh já pediu que a comunidade internacional pressione Mianmar para que implante o acordo.

    Ligações para o porta-voz do governo de Mianmar, Zaw Htay, não tiveram resposta. Recentemente ele disse que não responderá mais perguntas da mídia pelo telefone, mas em uma coletiva de imprensa duas vezes por semana.

    Os rohingyas fugiram para campos de refugiados de Bangladesh depois de uma campanha militar violenta contra a minoria muçulmana no Estado de Rakhine. Em novembro os dois países chegaram a um acordo para iniciar a repatriação em dois meses, mas esta nem começou, e rohingyas apátridas continuam cruzando a divisa com Bangladesh e seguindo para os campos de refugiados de Cox's Bazar.

    0

    0

    9

    5 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. politics

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.