alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE pp

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia STF torna réus presidente do PP e outros 3 deputados do partido por organização criminosa

    STF torna réus presidente do PP e outros 3 deputados do partido por organização criminosa

    BRASÍLIA (Reuters) - A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta terça-feira tornar réus importantes parlamentares do PP sob a acusação feita pelo Ministério Público Federal de terem montado uma organização criminosa com o objetivo de desviar recursos da Petrobras.

    A maioria do colegiado aceitou a denúncia contra o presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), o líder do partido na Câmara, Arthur Lira (AL), o líder da Maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PB), e o deputado Dudu da Fonte (PE).

    Os ministros seguiram o voto do relator do caso, Edson Fachin, que na semana passada já havia aceitado parcialmente a denúncia feita pela Procuradoria-Geral da República. Para Fachin, a acusação se baseou não somente em delações premiadas, mas há outros elementos de prova para sustentar a denúncia.

    Votaram para aceitar a denúncia, além do relator, os ministros Celso de Mello e Cármen Lúcia. Manifestaram-se contra Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski.

    Para Celso de Mello, a acusação não tem por objetivo incriminar a atividade política. 'A denúncia atende os requisitos mínimos (para ser aceita)', disse o decano da corte.

    Mendes, um dos votos perdedores, foi um dos que mais protestou contra a denúncia. Ele disse que a denúncia caminha a 'passos de bêbados' e só seria lastreada em delações premiadas.

    Essa foi a última sessão da 2ª Turma presidida por Lewandowski. Agora a presidência desse colegiado será de Cármen Lúcia, que ficará responsável por fazer a pauta de processos a serem apreciados.

    A defesa de Lira disse respeitar a decisão da turma, mas reiterou 'que os fatos imputados ao deputado já foram analisados antes e arquivado pelo mesmo tribunal', acrescentando que 'a acusação é fundada na declaração de um delator que tem inimizade notória com o delatado, sem qualquer outro indício ou prova, o que será demonstrado durante a instrução'.

    Não foi possível contatar os demais acusados.

    (Reportagem de Ricardo Brito)

    10

    4 D

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Partido da vice de Alckmin, PP anuncia neutralidade no 2º turno

    Partido da vice de Alckmin, PP anuncia neutralidade no 2º turno

    BRASÍLIA (Reuters) - O PP, partido da candidata a vice-presidente na chapa de Geraldo Alckmin (PSDB), a senadora Ana Amélia, divulgou nesta terça-feira comunicado do presidente da legenda, senador reeleito Ciro Nogueira, no qual anuncia que adotará uma posição de neutralidade na disputa presidencial de segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT).

    Segundo o comunicado do partido, o eleitor 'claramente enviou um recado ao país' no contexto das eleições presidenciais, e quer 'tomar sua decisão sem que qualquer outro aspecto, que não os candidatos, sejam levados em consideração como critério de escolha'.

    Isso significa, segundo o partido, que o eleitor quer 'o silêncio e o palco vazio de qualquer ruído ou informação que interfira na sua reflexão sobre qual candidato escolher'.

    'Tendo a clara compreensão dessas circunstâncias especiais que vivem a política e o país, o Progressistas (PP) adotará uma postura de absoluta isenção e neutralidade no segundo turno das eleições presidenciais', disse o partido.

    A legenda afirmou que estará disposta a 'colaborar com o futuro governo em todas as agendas coerentes e resolutivas que sejam capazes de enfrentar e encaminhar a solução para os grandes problemas que o país precisa solucionar'.

    O PP indicou Ana Amélia para ser vice de Alckmin embora diversas lideranças partidárias, como o próprio Ciro Nogueira, tenham feito campanha para Haddad, e outras para Bolsonaro.

    Na segunda-feira, Ana Amélia anunciou publicamente que vai apoiar Bolsonaro no segundo turno, assim como o PP do Rio Grande do Sul.

    Na nota assinada pelo presidente do partido, o PP destacou o fato de ter eleito 70 deputados estaduais e 37 deputados federais, o que, segundo a legenda, a torna 'forte porta-voz, na Câmara dos Deputados, de um conjunto de princípios e ideias com o qual temos compromissos indeclináveis'.

    (Por Ricardo Brito)

    15

    8 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. pp

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.