alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE prefeitos

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Em evento com Bolsonaro, líder de prefeitos cobra mais recursos da União e defende apoio à reforma da Previdência

    Em evento com Bolsonaro, líder de prefeitos cobra mais recursos da União e defende apoio à reforma da Previdência

    BRASÍLIA (Reuters) - O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi, defendeu nesta terça-feira que o governo Bolsonaro se empenhe em garantir uma maior distribuição de recursos da União para as prefeituras brasileiras e se colocou a favor da aprovação da reforma da Previdência, que, segundo ele, pode ajudar a economizar no mínimo 20 por cento das despesas das cidades com esse tipo de despesa.

    Em forte discurso, aplaudido diversas vezes, Aroldi cobrou a concretização do lema de campanha do Bolsonaro --'Mais Brasil, Menos Brasília'. Ele lembrou que desde a Constituição de 1988 foram criadas contribuições cujos recursos não foram compartilhados com Estados e municípios, apesar de ter havido o aumento da responsabilidades dos municípios. Segundo ele, esse modelo está 'falido'.

    'Esperamos que o 'Mais Brasil' seja uma inflexão política', disse Aroldi, na XXII Marcha em Brasília em Defesa dos Prefeitos, ao destacar que o ministro da Economia, Paulo Guedes, criou uma 'expectativa enorme' para os gestores locais de que as atribuições da União, dos Estados e dos municípios será na mesma proporção.

    Em seu discurso no evento, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que o governo vai apoiar a majoração do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) por meio de emenda constitucional. Segundo o presidente, o assunto já foi conversado com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

    Outro ponto citado pelo líder dos prefeitos foi a distribuição mais justa de novos recursos da cessão onerosa dos royalties do petróleo do pré-sal, que seria uma 'injeção na veia' de recursos para o caixa das prefeituras ainda este ano.

    O presidente da CNM defendeu também a aprovação de uma emenda constitucional que institua o caráter permanente do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que se encerra este ano.

    PREVIDÊNCIA

    Aroldi disse que a reforma da Previdência é uma 'pauta estruturante' e disse que espera que seja fechado, ao fim do encontro, uma posição da confederação favorável à proposta.

    'Como agentes locais, gestores públicos, se nós quisermos terminar o mandato com um pouco mais de equilíbrio, essas mudanças são necessárias sim', disse.

    Para Aroldi, muitos dos pontos da reforma da Previdência estão contemplados na proposta do governo. Mas ele fez ressalvas a dois pontos já criticados na reforma, que preveem mudanças na aposentadoria rural e no Benefício de Prestação Continuada (BPC).

    O presidente da entidade disse ser uma boa intenção o aceno do ministro da economia, Paulo Guedes, de colocar como opcional para o beneficiário a mudança nas regras do BPC e destacou que esse pagamento tem impacto em muitos municípios brasileiros.

    (Reportagem de Ricardo Brito)

    21

    2 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Bolsonaro diz que Previdência é encruzilhada; anuncia apoio a aumento em fundo de municípios

    Bolsonaro diz que Previdência é encruzilhada; anuncia apoio a aumento em fundo de municípios

    BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira, em discurso a um fórum de prefeitos de todo o país, que a aprovação da reforma da Previdência é uma encruzilhada que precisa ser atravessada, e pediu apoio para obter a aprovação no Congresso.

    'Gostaríamos de não ter de fazer a reforma da Previdência, mas somos obrigados', disse Bolsonaro em discurso.

    O presidente também anunciou que o governo vai apoiar um aumento do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) por meio de emenda constitucional.

    'Conversei com o Paulo Guedes ontem, dei o sinal verde, vamos apoiar a majoração do Fundo de Participação dos Municípios com uma emenda constitucional', disse o presidente, sendo aplaudido na sequência.

    Bolsonaro também confirmou que vai anunciar na quarta-feira o pagamento de 13ºsalário para beneficiários do programa Bolsa Família, mas defendeu que somente com tecnologia e conhecimento o país deixará de ser dependente das exportações de commodities.

    Bolsonaro disse que vai fazer viagens nos próximos meses para a China, a comunidade árabe e voltar aos Estados Unidos, e reiterou ser a favor da exploração racional da Amazônia, sem dar maiores detalhes de como seria.

    O discurso de Bolsonaro não empolgou a plateia de prefeitos, apesar de ele ter recebido aplausos efusivos ao anunciar seu empenho na elevação do FPM. Ao final, tendo deixado de se manifestar em seu pronunciamento sobre uma série de demandas dos prefeitos, Bolsonaro recebeu algumas vaias em meio aos aplausos da plateia.

    (Por Ricardo Brito)

    16

    2 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. prefeitos

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.