alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE prelim

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Gol vê forte redução em margem operacional no 3º tri ante 2017, com câmbio e combustível

    Gol vê forte redução em margem operacional no 3º tri ante 2017, com câmbio e combustível

    SÃO PAULO (Reuters) - A Gol Linhas Aéreas estima redução de cerca de 7 pontos percentuais na margem operacional do terceiro trimestre ante igual período do ano passado, de acordo com projeções divulgadas nesta segunda-feira, devido à valorização do dólar ante o real e à alta nos preços de combustível,

    Com isso, a margem Ebit (lucro antes de juros e impostos) deve ficar entre 5 por cento e 5,5 por cento no período de julho a setembro deste ano. No terceiro trimestre de 2017, a margem operacional foi de 12,2 por cento.

    Em relação ao segundo trimestre deste ano, quando a margem Ebit foi de 1,8 por cento, a projeção para o terceiro trimestre aponta melhora. No início de agosto, quando divulgou os resultados do período de abril a junho, a Gol reafirmou a projeção para margem operacional deste ano em cerca de 11 por cento, mas revisou a estimativa para 2019 para cerca de 12 por cento, ante 13 por cento.

    A empresa estima ainda que o preço médio do combustível por litro no terceiro trimestre deste ano foi entre 3,05 reais e 3,10 reais, enquanto a taxa média de câmbio estimada do terceiro trimestre foi de 3,95 reais.

    Para o período de julho a setembro, a Gol estima crescimento de 4,5 por cento a 5 por cento na receita unitária de passageiro (PRASK) em relação ao mesmo período do ano passado. A melhora na linha, segundo a empresa, reflete a 'disciplina de capacidade e as estratégias de gerenciamento de receita da Gol', que continuam beneficiando os resultados.

    Os custos unitários excluindo combustíveis (CASK ex-combustíveis) devem mostrar queda de cerca de 2,5 por cento no terceiro trimestre na comparação anual.

    (Por Flavia Bohone)

    0

    0

    18

    2 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Programa de governo de Ciro propõe 'manual de decência' para ministros e foca em geração de empregos

    Programa de governo de Ciro propõe 'manual de decência' para ministros e foca em geração de empregos

    Por Lisandra Paraguassu e Ricardo Brito

    BRASÍLIA (Reuters) - Candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes exigirá de seus futuros ministros e colaboradores, se eleito, que assinem um 'manual de decência e contabilidade com o dinheiro público' e, em caso de acusações, se afastem do cargo até que a situação esteja esclarecida.

    'Em caso de qualquer acusação ou denúncia, o ministro ou ocupante de cargo de confiança se afastará voluntariamente da posição e pedirá uma apuração independente, sem prejuízo das investigações dos órgãos competentes', diz o documento '12 Passos para Mudar o Brasil', preliminar do programa de governo distribuído pelo PDT durante a convenção nesta sexta que oficializou a candidatura de Ciro.

    O presidenciável defende fortalecer os órgãos que fiscalizam o poder público e os acordos de leniência com as empresas envolvidas em casos de corrupção, punindo dirigentes mas 'preservando empresas e os empregos'.

    Os 12 passos passam por temas como educação, saúde, segurança, tecnologia, diversidade, meio ambiente, relações exteriores, programas sociais, cultura e infraestrutura, mas tem como ponto central a geração de empregos.

    O programa propõe a redução das despesas do governo e mudanças na composição da carga tributária do país.

    'Essa mudança na carta tributária deve reduzir seu peso sobre a produção e onerar o segmento mais rico da sociedade, de forma a reduzir a tributação sobre os mais pobres e a classe média', diz o documento.

    Em entrevistas, Ciro tem falado em levar adiante a criação de um tributo sobre grandes fortunas, discutido desde o governo de Fernando Henrique Cardoso e nunca implementado.

    O documento também levanta a necessidade de uma reforma da Previdência 'que não afete direitos adquiridos'. O candidato defende a criação de um fundo previdenciário para onde iria a contribuição do trabalhador e financiasse a aposentadoria, mas apenas para quem ainda não está no sistema, e a equiparação dos sistemas público e privado.

    O documento apresentado na convenção do partido tem apenas linhas gerais do plano de governo de Ciro. De acordo com o coordenador da campanha, Cid Gomes, são diretrizes para que o detalhamento possa ser discutido com possíveis aliados e se tenha definido um programa até o final da campanha 'para que todos saibam o que vai ser se Ciro for eleito'.

    0

    0

    24

    5 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. prelim

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.