alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE psd

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia PSD fecha apoio a Alckmin e tucano tem conversas encaminhadas com outros 3 partidos

    PSD fecha apoio a Alckmin e tucano tem conversas encaminhadas com outros 3 partidos

    SÃO PAULO/BRASÍLIA (Reuters) - O PSD, partido do ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, fechou apoio ao pré-candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, na eleição de outubro deste ano e o tucano já tem praticamente certo o apoio de pelo menos outras três legendas --PPS, PV e PTB--, disse o secretário-geral tucano, deputado Marcus Pestana (MG).

    Já temos uma aliança de cinco partidos a caminho. É a única candidatura que tem isso , disse Pestana à Reuters por telefone. Já estamos mais ou menos com um quinto do tempo de TV assegurado, o que já dá uma boa base , acrescentou o secretário-geral do PSDB.

    Pestana disse que Alckmin e o PSDB seguem conversando com outras legendas, como o DEM --que tem como pré-candidato o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ), que vem mantendo conversas com outras pré-candidaturas, como a de Ciro Gomes, do PDT.

    De acordo com Pestana, o acordo com o PSD incluiu o acerto de que o PSDB apoiará candidatos da legenda aliada nos Estados, como no Rio Grande do Norte, onde Robinson Faria tentará a reeleição ao governo. No Rio de Janeiro, onde o PSD tem a pré-candidatura de Índio da Costa --vice na chapa presidencial tucana encabeçada por José Serra em 2010 quando integrava o DEM-- as conversas ainda estão em andamento.

    A assessoria de imprensa do PSD disse que não comentará o anúncio feito por Pestana e disse que a posição da legenda será anunciada na convenção partidária.

    O ex-ministro Guilherme Afif Domingos, que já foi vice-governador de Alckmin e lançou sua pré-candidatura à Presidência, tem dito que apresentará seu nome na convenção do PSD. No mês passado, no entanto, Kassab, que é presidente licenciado do partido, já havia afirmado que a legenda deve apoiar Alckmin.

    Uma das vice-líderes do PSD na Câmara, a deputada Raquel Muniz (MG) afirmou que o acerto do seu partido com o PSDB é bom para o país. Para ela, Alckmin é um ótimo candidato, passa segurança e tem experiência política por ter sido gestor do maior Estado brasileiro.

    Raquel destacou o fato de os dois partidos também estarem unidos em Minas Gerais, já que o PSD, naquele Estado, vai apoiar a candidatura a governador do atual senador tucano Antonio Anastasia. São dois nomes bem acertados , disse ela.

    O presidente do PPS, Roberto Freire, disse por meio de sua assessoria de imprensa que o partido já aprovou indicativo de apoio a Alckmin e que o apoio deve ser oficializado na convenção partidária marcada para o início de agosto. Freire disse ainda trabalhar pessoalmente para a formalização da aliança pois ele e o partido entendem que Alckmin é o nome mais equilibrado entre os já colocados.

    VICE

    Pestana disse que as tratativas com o PSD, os outros três partidos já praticamente acertados e com potenciais novos aliados ainda não têm abordado a vaga de vice na chapa de Alckmin.

    O vice só será objeto de definição na hora que tivermos a visão global da aliança , disse Pestana.

    De acordo com pesquisa CNI/Ibope divulgada no mês passado, Alckmin tem entre 4 e 6 por cento das intenções de voto para presidente na eleição de outubro. O tucano tem minimizado a importância das pesquisas neste momento e afirmado que a situação sofrerá alterações quando a campanha começar oficialmente em agosto.

    Sobre alianças, o presidenciável tucano já havia dito também que tinha conversas avançadas com quatro partidos e o ex-governador de Goiás Marconi Perillo, que é o coordenador político da campanha de Alckmin, havia citado PSD, PTB, PV e PPS como aliados potenciais que estavam bem encaminhados.

    (Reportagem de Eduardo Simões, em São Paulo, e Ricardo Brito, em Brasília)

    0

    0

    24

    5 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Kassab diz que PSD deve apoiar Alckmin e aposta em crescimento durante campanha

    Kassab diz que PSD deve apoiar Alckmin e aposta em crescimento durante campanha

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, disse nesta quinta-feira que seu partido, o PSD, deve apoiar o pré-candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, nas eleições de outubro.

    Segundo Kassab, que é presidente licenciado do PSD, a legenda deve apoiar o candidato tucano apesar de o governo do presidente Michel Temer ter lançado o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles como pré-candidato à Presidência pelo MDB.

    Kassab disse acreditar que Alckmin tem potencial de crescimento durante a campanha e tem boas condições de vencer as eleições.

    Ele tem boas condições e muito possivelmente é o candidato que o nosso partido vai apoiar, o Geraldo Alckmin , disse Kassab a repórteres após participar do lançamento de um programa do ministério em parceria com o BNDES sobre a chamada internet das coisas .

    Conheço vários candidatos que quando inicia o processo eleitoral estão atrás nas pesquisas. Eu mesmo na disputa à reeleição à Prefeitura de São Paulo comecei com 3 por cento e venci as eleições, há diversos casos , afirmou.

    Segundo pesquisa Datafolha publicada no fim de semana, Alckmin tem 7 por cento de apoio do eleitorado, atrás de Jair Bolsonaro (PSL), com 19 por cento, Marina Silva (Rede), com 15 por cento, e Ciro Gomes (PDT), com 10 por cento, em cenário sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que está preso e deve ser impedido de concorrer pela Lei da Ficha Limpa.

    Meirelles, por sua vez, só chega a 1 por cento de apoio, de acordo com o levantamento.

    (Por Rodrigo Viga Gaier)

    0

    0

    35

    6 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. psd

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.