Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1

NOTÍCIAS SOBRE Rolling Stones

Veja essas e outras notícias da Antena 1

Placeholder - loading - Imagem da notícia Mick Jagger Completa 79 Anos: Confira A Trajetória Do Cantor

Mick Jagger Completa 79 Anos: Confira A Trajetória Do Cantor

Mick Jagger sempre será um jovem. O fundador dos Rolling Stones teve uma carreira marcante e inigualável. Canto singular, danças únicas e 60 anos de carreira com os Stones e 37 de carreira solo. Mick Jagger é um presente para a música.

Estudante de economia, Jagger largou o curso e chamou Keith Richards para montar a banda que marcaria sua vida e a música do mundo todo. Depois de sua apresentação de estreia no Marquee Club, foram só sucessos.

Rolling Stones

Com os Rolling Stones foram 26 discos de estúdio e 34 ao vivo. Quando a banda começou, Jagger estava ao lado de Brian Jones, Keith Richards e Charlie Watts. Hoje, depois de algumas mortes e saídas, apenas Richards continua na banda - que também recebeu Ronnie Wood.

Algumas canções marcaram a banda e provaram que Jagger também é um grande compositor. Nas muitas parcerias com Keith Richards, onde o vocalista escrevia a letra e o guitarrista a melodia.

Satisfaction” é um grito de rebeldia da juventude que, imersa em tédio, não consegue achar satisfação na vida. Seja no carro, em casa ou no trabalho, o eu lírico de Jagger sempre estava insatisfeito.

Angie” é uma amostra do lirismo de Mick Jagger. A canção de amor com o timbre espanhol do violão de Keith mostra o romântico do grupo. Jagger escreveu uma letra que varia entre declarar o amor e motivos para acabar a relação.

Mick Jagger solo

A carreira solo de Jagger começou com o lançamento de “She’s The Boss”, em 1985. Compondo desde 83 para o projeto, o cantor teve ajuda de músicos como Jeff Back, Pete Townshend e Herbie Hancock.

She’s The Boss” trouxe a música que mais marcaria sua carreira solo. “Hard Woman” já revolucionava com seu clipe que misturava animação e o próprio Mick Jagger, uma revolução para a época.

Confira o clipe

A comparação com os Rolling Stones foi inevitável, mas Jagger entregou um cantor romântico bem diferente do roqueiro dançarino. Uma balada com guitarras agudas que muito lembram Bryan Adams e batidas que mascaram os anos 80 mostram a cara da faixa.

A letra sobre tentar conquistar uma “mulher difícil” é bem escrita para a voz de Jagger, com poucos agudos, mas graves constantes.



Confira nosso letra e tradução

Quando Mick Jagger contou para a banda que aceitaria a proposta de ter um álbum solo Keith Richards se incomodou. Mas depois de muita conversa tudo foi acertado. Alguns anos depois, em 1988, o guitarrista lançaria seu trabalho solo “Talk Is Cheap”.

Brasil: shows e filhos

Mick Jagger e o Brasil não podiam ter uma relação mais próxima. Foi por aqui que o cantor conheceu a apresentadora Luciana Gimenes, mãe de seu filho Luccas Jagger. Além de ter sido o palco de apresentações marcantes.

Copacabana, 2006, provavelmente foi a maior apresentação da banda no Brasil, ou em toda sua carreira. O show fez parte da turnê Bigger Band. A entrada era gratuita, mas diversos restaurantes e barcos cobraram por um lugar especial para assistir à apresentação. Preços chegavam a 200 reais por uma mesa e 300 por um catamarã.

Estimasse que ao logo da praia 1,5 milhão de pessoas viram Mick Jagger cantando. Foram destacados 10 mil policiais para fazer a segurança do evento. O palco tinha 24 metros de altura, 70 metros de largura e, junto a outros itens, custou 2,5 milhões de dólares. Ao longo da areia havia 16 torres de som com telões.

Mick Jagger chega aos 79 melhor que muitos rockeiros de 20. Dançando durante todos os shows, cantando cada vez mais e melhor, compondo, lançado músicas e fazendo turnês longas. Jagger já nos entregou muito, e esses 79 anos (60 de carreira) passaram muito rápido. Jagger envelhecer é um crime contra a cultura, por favor fique jovem para sempre. O mundo agradece pelo o que já entregou e pelo o que ainda virá.

Veja também

VMA 2022: CONFIRA A LISTA COMPLETA DOS INDICADOS

CALVIN HARRIS LANÇA CLIPE DE “STAY WITH ME”

1 S
Placeholder - loading - Imagem da notícia #TBT: Rolling Stones estrearam 60 anos atrás, em 12 de julho

#TBT: Rolling Stones estrearam 60 anos atrás, em 12 de julho

Os Rolling Stones são uma das poucas bandas a ter 60 anos de carreira. Em 12 de julho de 1962 a banda fez sua primeira apresentação no Marquee Club, na Oxford Street, em Londres. Os Stones substituíram o grupo Blues Incorporated nas apresentações na casa.

Alex Kroner era o guitarrista da Blues Incorporated e conseguiu levar sua banda para a BBC Radio no programa Jazz Club. Kroner, então, chamou alguns músicos que procuravam uma oportunidade. Mick Jagger, Brian Jones, Keith Richards, Ian Stewart e Dick Taylor aceitaram a chance e assim os Rolling Stones deram os primeiros passos. Depois de meses com bateristas rotativos, Charlie Watts entrou no grupo.

Chamando a atenção de todos por suas performances icônicas, Jagger chegou a declarar: “Espero que não pensem que somos uma banda de rock n’ roll”. Com o tempo, Jagger pagou a língua e os Stones aceitaram que são roqueiros, mesmo sem abandonar o blues.


Primeiro Show

Para conseguir fazer a primeira apresentação, os jovens pegaram dinheiro emprestado com o pai de Jagger e alugaram um equipamento de som. A banda tocou 18 músicas, segundo Keith Richards em sua biografia “Life” (Vida). O guitarrista ainda relata qual foi o setlist da apresentação;

“Kansas City”

“Baby What’s Wrong”

“Confessin’ the Blues”

“Bright Lights, Big City”

“Dust My Broom”

“Down the Road Apiece”

“I’m a Love You”

“Bad Boy”

“I Ain’t Got You”

“Hush-Hush”

“Ride ‘Em on Down”

“Back in the U.S.A.”

“Kind of Lonesome”

“Blues Before Sunrise”

“Big Boss Man”

“Don’t Stay Out All Night”

“Tell Me You Love Me”

“Happy Home”

Na década de 70, os Stones voltaram ao Marquee para um show de comemoração dos 10 anos da banda. Confira um trecho da apresentação:

60 anos, ou será que não?

“Foi há tanto tempo! Alguns de nós ainda estamos aqui, mas é um grupo muito diferente daquele que tocou todas aquelas décadas atrás”, disse Jagger. O vocalista tem toda a razão no que disse. Hoje, os Stones contam apenas com ele e Keith Richards da formação original e, somados à Ronnie Wood, formam os Rolling Stones – além dos músicos de apoio para os shows.

Os artistas dizem que sentem ser uma trapaça dizer que a banda completa 60 anos se não são todos os integrantes originais. “Tentei descobrir quando foi o primeiro de Charlie, e nenhum de nós consegue se lembrar e ninguém realmente sabe. Mas é uma conquista incrível, e acho que é fantástico e você sabe que estou muito orgulhoso disso”, declarou Jagger. Mas é inegável que a alma dos Stones sempre esteve presente ao longo dos anos.


Sixty: Stones Europe 2022

Para comemorar os 60 anos de carreira, os Rolling Stones entram em um tour pela Europa. Os shows acontecerão em Madri, Monique, Liverpool, Amsterdam, Bern, Milão, Londres, Bruxelas, Vienna, Lyon, Paris e Estocolmo.

Serão 14 shows que começaram em 1 de junho. No lugar de Watts, o baterista Steve Jordan foi convidado para se juntar a banda. A banda prometeu clássicos e faixas inesperadas e uma nova produção de palco.

No show de abertura em Madri, Mais de 53 mil pessoas lotaram o estádio Wanda Metropolitano. Vídeos de homenagem a Watts foram exibidos. “Essa é nossa primeira turnê sem o Charlie, sentimos muita falta dele”, disse Jagger antes de cantar “Sad, sad,sad”.

Os Stones também homenagearam o povo ucraniano que sofre com os males da guerra com a faixa “Gimme Shelter”.

Playlist Rolling Stones

Vamos então ouvir as grandes canções do Rolling Stones

1) Angie

Angie é parte do disco “Goats Head Soup” de 1973 e depois de anos passou por uma edição inédita. Por trás da canção, existe uma longa história vivida por um dos guitarristas ao enfrentar uma crise de abstinência.

Ao longo de anos, existiu a dúvida e boatos de que a canção foi escrita devido a outros fatores, mas na verdade ela foi escrita durante esse período, um dos piores na vida de Keith e não para a primeira mulher de David Bowie como alguns acreditam. Em décadas, a canção se tornou a canção mais famosa do grupo, não poderia ficar de fora da nossa playlist e inicia ela da melhor forma.

2) Worried about you

Dessa vez, trouxemos uma música do álbum “Tattoo You” lançado em 1981. A faixa foi uma das compostas pela dupla Mick e Keith, que em primeiro momento foi produzida para Black and Blue e gravada na Holanda.

Durante a execução da canção Mick acompanha guiando os vocais e o piano elétrico junto a Richards apoiando nos vocais no refrão. Simultâneamente, Perkins e Richards performam com a guitarra, Charlie na bateria e Bill no baixo. A cada segundo o grupo não deixa a desejar com harmonia e talento.

3) Hard Woman (Mick Jagger)

No terceiro lugar escolhemos uma música solo de um dos integrantes da banda, Mick Jagger. Desde muito jovem sempre foi pautado pela música e aos 14 ganhou seu primeiro violão que se tornou um grande companheiro em várias horas do dia. Suas maiores influências saíram do Blues e anos depois de colecionar inúmeros álbuns de nomes como Muddy Waters, ele virou o líder de uma das maiores bandas do mundo, que em sua conta venderam mais de 240 milhões de discos nas seis décadas de vida.

Em “Hard Woman” o cantor entregou uma música muito boa que ao longo dos versos conversa com o relacionamento com uma mulher difícil de ser conquistada mesmo após diversas tentativas.

4) Paint it black

Inicialmente, essa canção chegou ao público como um single solo mas na versão para os Estados Unidos do álbum “Aftermath”, ela foi escolhida como a primeira faixa a integrar a produção em maio de 1996.

Como de costume, a banda atingiu mais um feito com o seu lançamento, se posicionando em primeiro lugar na Billboard Hot 100 e na UK Singles Charts simultâneamente. Dessa vez, além da dupla Mick e Keith, Brian também participou da composição e sua maior contribuição ficou na parte do solo de guitarra logo no início da música.

5) Miss you

Seguindo o mesmo padrão da canção anterior, “Miss you” também foi a primeira faixa de um dos álbuns da banda, “Some Girls” e escrita pela dupla dinâmica. Novamente ela garantiu o lugar do grupo nas maiores paradas dos EUA e UK. Da mesma maneira, a canção se tornou a oitava do grupo a ser o principal single nos Estados Unidos em 78.

Além disso, o legado deixado por ela foi tão grande que após seu lançamento diversos grupos como o Rolling Stones, produziram um remix dela, que também se tornou uma febre.

6) Ruby tuesday

Poucas pessoas sabem, mas Brian Jones aprendeu piano desde criança por conta de sua mãe, que era professora do instrumento na igreja em que a família frequentava e para compor essa canção, ele usou desses conhecimentos transmitidos e ensinados pela mãe para escrever.

Paradoxalmente, nesse mesmo período ele passava por desafios enormes com vícios e ainda assim se dedicava a produzir a todo custo. Nessa música, a melodia foi tão impactante que Keith, seu colega de grupo acabou escrevendo duas versões e ao finalizá-las, dedicou a sua namorada, Linda.

Confira: Como a mesma música conta histórias diferentes ao redor do mundo

7) Can’t be seen

“Can’t be seen” não poderia ficar de fora da nossa playlist e com certeza fica com o sétimo lugar. A faixa compõe o décimo nono álbum no Reino Unido lançado em 89 pela Columbia Records. Uma das partes mais emocionantes da canção é o breve solo de guitarra na introdução que impacta quem escuta e em seguida entra em harmonia com a vocais dos cantores.

8) You can't always get what you want

Em 2004, “You can’t always get what you want” foi nomeada como a 100ª melhor música de todos os tempos pela revista de mesmo nome. Sua produção se diferiu um pouco das demais mas ao mesmo tempo ainda sim seguia o fio condutor de outras ao ser produzida quando os integrantes passavam algum tempo em seus quartos.

Nela, ocorreram algumas dificuldades pelo fato que Charlie não estava bem para tocar as batidas e seu colega Jimmy ficou com essa tarefa. Ao longo dos versos, os cantores retratam alguns temas como suas experiências amorosas e política ao mesmo tempo.

9) Jumping jack flash

No próximo mês de maio, completará exatos 54 anos que o Rolling Stones lançou o single “Jumping Jack Flash” no Reino Unido. A história dessa música denota muito da amizade entre os membros do grupo, pois ela foi escrita na casa de campo de Keith em uma noite em que eles passaram curtindo juntos a noite toda sentados no sofá e ao mesmo tempo compondo alguns versos.

10) Let’s spend the night together

Para finalizar nossa playlist, a canção número 10 da nossa lista será "Let 's spend the night together”. Novamente, os maiores compositores, conhecidos como a dupla dinâmica, Mick e Keith, também assinaram na escrita da canção e trouxeram ao mundo uma música que vendeu milhões de cópias pelo mundo.

Seu impacto foi tão importante que muitos artistas grandes regravaram a canção e dentre eles está David Bowie.

Aos 60 anos, Rolling Stones ainda tem muito para oferecer e muitas pedras para rolar.

Veja também

DIA DO ROCK: OS MAIORES SUCESSOS DO GÊNERO NA ANTENA 1

DIA DO ROCK: RELEMBRE GRANDES BANDAS DO GÊNERO

3 S

Fique por dentro

de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

  1. Home
  2. noticias
  3. tags
  4. rolling stones

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.