alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    NOTÍCIAS SOBRE tiroteio

    Veja essas e outras notícias da Antena 1

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Atirador deixa ao menos 4 mortos em mercado de Natal de Estrasburgo

    Atirador deixa ao menos 4 mortos em mercado de Natal de Estrasburgo

    Por Foo Yun Chee e Gilbert Reihac

    ESTRASBURGO (Reuters) - Um atirador matou pelo menos quatro pessoas e feriu outras 11 perto de um mercado de Natal na cidade francesa de Estrasburgo, na noite de terça-feira, antes de escapar da polícia.

    Não ficou claro imediatamente qual seria o motivo do crime, mas, com a França ainda em alerta máximo após uma onda de ataques ordenados ou inspirados por militantes do Estado Islâmico desde o início de 2015, a procuradoria contra-terrorismo abriu uma investigação.

    O ministro do Interior, Christophe Castaner, disse que o atirador era conhecido dos serviços de segurança, e a prefeitura local disse que ele havia sido previamente identificado como uma ameaça de segurança.

    Pessoas na área de Neudorf e no parque Etoile na cidade receberam ordens para ficar onde estavam enquanto policiais buscavam o atirador pelo chão e pelo ar.

    O Parlamento Europeu, que está sediado em Estrasburgo nesta semana, foi colocado em isolamento.

    'Houve uma série de tiros e pessoas correndo para todos os lados', disse um lojista ao canal de televisão BFM. 'Durou cerca de 10 minutos'.

    O mercado de Natal foi promovido com segurança rigorosa neste ano. Veículos não autorizados foram excluídos das ruas adjacentes durante o horário de funcionamento e os pontos de checagem foram montados em pontes e pontos de acesso para revistar as bolsas de pedestres.

    Um repórter da Reuters estava entre as 30 a 40 pessoas detidas em um porão de um supermercado por motivos de segurança no centro da cidade, esperando a polícia liberar a área. Luzes foram desligadas e garrafas de água foram distribuídas.

    PRESIDENTE INFORMADO

    O presidente Emmanuel Macron foi informado do incidente e estava sendo atualizado enquanto os eventos se desdobravam, disse uma autoridade do Palácio do Eliseu. Castaner já estava a caminho de Estrasburgo, que fica na fronteira com a Alemanha.

    Um porta-voz do Parlamento Europeu disse que o prédio havia sido fechado e que os funcionários receberam ordens para não saírem.

    'Meu pensamento está nas vítimas do tiroteio em Estrasburgo, que eu condeno com a maior firmeza possível', escreveu o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, no Twitter. 'Estrasburgo é um excelente símbolo da paz e da democracia europeia. Valores que sempre defenderemos'.

    Agências de segurança europeias temem por algum tempo que os militantes do Estado Islâmico que haviam deixado a Europa para lutar pelo grupo na Síria e no Iraque poderiam voltar após a derrota do grupo, com habilidades e motivação para conduzir ataques no continente.

    Em 2016, um caminhão atropelou uma multidão que comemorava o Dia da Bastilha em Nice, matando mais de 80 pessoas, enquanto em novembro de 2015, ataques coordenados de militantes islâmicos na casa de shows Bataclan e em outros lugares de Paris causaram aproximadamente 130 mortes. Também aconteceram mais ataques em Paris a um policial na avenida Champs-Élysées, ao jornal satírico Charlie Hebdo, e a uma loja de alimentos kosher.

    Há dois anos, um muçulmano tunisiano dirigiu um caminhão invadindo um mercado natalino em Berlim matando 11 pessoas.

    (Reportagem Christian Hartmann, Emmanuel Jarry, Michel Rose e Inti Landauro em Paris e Kevin Liffey em Londres)

    0

    0

    19

    2 M

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Tiroteio em hospital de Chicago deixa 4 mortos, incluindo policial e atirador

    Tiroteio em hospital de Chicago deixa 4 mortos, incluindo policial e atirador

    Por Suzannah Gonzales

    CHICAGO (Reuters) - Um homem armado matou uma médica no lado de fora de um hospital em Chicago, nos Estados Unidos, na segunda-feira antes de invadir as instalações e matar um assistente farmacêutico e um policial durante uma troca de tiros e morrer no tumulto, afirmaram autoridades.

    O atirador conhecia a médica que ele atirou do lado de fora do Mercy Hospital, disse o superintendente da polícia de Chicago, Eddie Johnson, em entrevista coletiva, descrevendo o assassinato inicial como um ato de violência doméstica.

    O atirador era o ex-noivo da médica, informaram os meios de comunicação de Chicago, com uma testemunha dizendo que ele exigiu um anel de volta.

    O tiroteio fez médicos e pacientes saírem das instalações do hospital, alguns com as mãos para cima, enquanto policiais fortemente armados tentavam proteger o local.

    'A cidade de Chicago perdeu uma médica, um assistente farmacêutico e um policial, todos fazendo o que amam', disse o prefeito Rahm Emanuel a repórteres.

    O atirador, depois de matar a médica, atirou em policiais com uma única arma, disse Johnson.

    O atirador, cujo nome não foi divulgado, então invadiu o hospital. Policiais o seguiram e trocaram tiros com ele por vários minutos, disse Johnson.

    O oficial Samuel Jimenez, que se juntou à força policial de Chicago no ano passado, morreu durante a luta armada, disseram autoridades. O rapaz de 28 anos era casado e tinha filhos e foi o segundo oficial de Chicago morto no cumprimento do dever neste ano.

    Em um sinal da natureza aleatória da violência, o assistente de farmácia baleado pelo atirador estava descendo de elevador, disse Johnson. Seu nome não foi divulgado.

    A mídia identificou a médica morta fora do hospital como Tamara O'Neal.

    O atirador também morreu, mas não ficou claro se ele atirou em si mesmo ou foi atingido por uma bala de policial, disse Johnson.

    Outro oficial foi poupado de ferimentos quando uma bala se alojou em seu coldre.

    2

    0

    20

    3 M

    Fique por dentro

    de tudo o que acontece nos bastidores do mundo da música, desde lançamentos, shows, homenagens, parcerias e curiosidades sobre o seu artista favorito. A vinda de artistas ao Brasil, cantores e bandas confirmadas no Lollapalooza e no Rock in Rio, ações beneficentes, novos álbuns, singles e clipes. Além disso, você acompanha conosco a cobertura das principais premiações do mundo como o Oscar, Grammy Awards, BRIT Awards, American Music Awards e Billboard Music Awards. Leia as novidades sobre Phil Collins, Coldplay, U2, Jamiroquai, Tears for Fears, Céline Dion, Ed Sheeran, A-ha, Shania Twain, Culture Club, Spice Girls, entre outros. Aproveite também e ouça esses e outros artistas no aplicativo da Rádio Antena 1, baixe na Apple Store ou Google Play e fique sintonizado.

    1. Home
    2. noticias
    3. tags
    4. tiroteio

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.