alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Uma nova pesquisa sugere que produtos lacteos integrais são saudáveis

    O estudo acompanhou um grande grupo de pessoas por nove anos.

    Por Letícia Furlan

    Placeholder - loading - news single img

    Durante anos, especialistas recomendaram produtos lácteos com baixo teor de gordura sobre as versões integrais, que são mais calóricas e contêm mais gordura saturada. Pesquisas recentes, no entanto, indicam que as opções integrais podem ser mais saudáveis ??do que se imaginava, e que pessoas que as consomem não são mais propensas a desenvolver doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2. Elas podem até ser menos propensas a ganhar peso.

    Agora, uma nova pesquisa publicada na revista The Lancet, acrescenta a esse corpo de evidências.

    A pesquisa sugere que a ingestão de produtos lácteos de todos os tipos está associada a um menor risco de morte prematura, doença cardiovascular e acidente vascular cerebral. "Estamos sugerindo que os laticínios são saudáveis ??e as pessoas devem ser incentivadas a consumi-los", diz Mahshid Dehghan, pesquisador de epidemiologia nutricional do Population Health Research Institute, no Canadá. 

    As Diretrizes Dietéticas para os americanos também recomendam consumir cerca de três porções de laticínios por dia, mas especificam que esses alimentos devem ser isentos de gordura ou com baixo teor de gordura. A nova pesquisa, no entanto, sugere que laticínios integrais também podem fazer parte de uma dieta saudável.  

    O estudo observacional foi baseado em dados de cerca de 136 mil adultos. Nenhuma das pessoas incluídas tinha histórico de doença cardiovascular e todas completaram uma pesquisa detalhada sobre dieta, que incluía perguntas sobre o tipo e a frequência da ingestão de produtos lácteos. Ao longo de cerca de nove anos de acompanhamento, cerca de 10.500 pessoas morreram ou tiveram um grande problema cardiovascular, como um ataque cardíaco ou derrame. 

    Em comparação com pessoas que não comiam derivados do leite, aquelas que consumiam mais de duas porções por dia tinham taxas de mortalidade total mais baixas (3,4% versus 5,6%) e taxas de mortalidade cardiovascular (0,9% versus 1,6%). Eles também tiveram menores taxas de doença cardiovascular (3,5% versus 4,9%) e acidente vascular cerebral (1,2% versus 2,9%). 

    E entre as pessoas que comiam apenas laticínios integrais, aqueles que consumiam cerca de três porções por dia tinham taxas de mortalidade mais baixas do que as pessoas que comiam menos de 0,5 porções por dia (3,3% versus 4,4%). 

    Essa descoberta sugere que a difamação de laticínios integrais exclusivamente por causa de seu maior teor de gordura saturada - embora muitas pesquisas liguem a gordura saturada a doenças cardíacas - pode não capturar todo o quadro, disse Dehghan.

    "Concentrando-se em baixo teor de gordura é predominantemente baseado no pressuposto de que a gordura saturada aumenta o colesterol LDL", diz ela. “Mas laticínios contém muitos outros componentes [que podem ser saudáveis] - aminoácidos, vitamina K, cálcio, magnésio. Eles podem ser fermentados e têm probióticos. Não devemos nos concentrar em um único nutriente”.

    E o resto da dieta também é importante: comer laticínios é provavelmente melhor do que consumir carboidratos refinados, de acordo com uma pesquisa recente.

    Mas a nova pesquisa tem várias limitações. Os participantes do estudo completaram apenas uma pesquisa de dieta no início do período de pesquisa, de modo que os resultados não capturaram mudanças nos padrões alimentares ao longo do tempo. O período de acompanhamento de nove anos também foi relativamente curto, em termos de medir resultados de saúde a longo prazo, como doenças cardiovasculares. E os estudos observacionais nunca podem provar causa e efeito, apenas apontam padrões e associações.

    Dehghan adota uma abordagem similarmente medida aos resultados, acrescentando que o estudo é importante em parte porque amplia a pesquisa nutricional além de seus epicentros tradicionalmente norte-americanos e europeus. 

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    1. Home
    2. noticias
    3. uma nova pesquisa sugere que …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.