Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Uma Segunda Chance Para Amar – Crítica sem spoilers

    Comédia romântica natalina não inova, mas encanta com elenco talentoso

    Placeholder - loading - news single img
    Emilia Clarke e Henry Golding em pôster oficial do longa

    Publicada em  

    Todo mundo conhece filmes de Natal. Não é preciso gabaritar uma longa lista de longas de fim de ano para saber o que, na maior parte das vezes, acontece no final. Entretanto, o problema quase nunca está no clichê, mas sim o modo como é executado. Por isso mesmo Paul Feig e Emma Thompson se uniram para criar a nova comédia romântica de Natal, Uma Segunda Chance para Amar. 
     
    Leia também: As Panteras - Crítica sem spoilers
     
    No longa dirigido por Feig e escrito por Thompson, Kate (Emilia Clarke) é uma jovem de 26 anos que trabalha em uma loja de produtos natalinos e acaba de passar por um transplante de coração. Um ano após a cirurgia, a personagem de Clarke conhece Tom (Henry Golding), um rapaz que a faz reavaliar o modo como vive. Ao decorrer do longa, algumas dicas são dadas ao público até o grande momento de revelação de um plot twist que nenhum filme natalino havia arriscado antes. 
     
    Com esta exceção, a trama não possui nada extremamente inovador, por isso a responsabilidade de fazer o filme funcionar também cai sobre o casal de protagonistas, que fazem muito bem o trabalho. Porém, com o espírito natalino presente em peso, o filme ganha certa magia a mais.  
     
    A maior novidade aqui é a trilha sonora já que o filme foi criado com as canções natalinas de George Michael como base. Com ênfase para Last Christmas, título da obra em inglês, que quando dissecada, se torna literalmente a história do filme. 
     
    Na companhia da trilha sonora de George Michael e Wham!, o filme acerta ao trazer personagens coadjuvantes brilhantes, como é o caso de Michelle Yeoh que interpreta Santa, a rigorosa chefe de Kate. Seus trejeitos e piadas sarcásticas roubam toda e qualquer cena que a atriz está.  
     
    É claro que recursos bastante usados para arrancar o choro a força do público também estão lá, como a cena de flashbacks (mas sem spoilers!), afinal, no final do dia se trata de um filme natalino. Mas o que torna Uma Segunda Chance para Amar especial é a crueza ao retratar dramas familiares reais e o encanto presente durante todo o longa tanto nos cenários, quanto no elenco e, claro, na trilha sonora clássica de George Michael.  
     
    No final das contas, Uma Segunda Chance para Amar é mais um clichê obrigatório de Natal, mas um dos bons. Com atuações incríveis, em especial Emilia Clarke que não cansa de surpreender em seus trabalhos paralelos a Game Of Thrones, e um elenco cheio de carisma que conquista o público logo de cara. Sem dúvidas, vale o ingresso! 

     

    Uma Segunda Chance para Amar chega aos cinemas em 28 de novembro. Confira o trailer oficial abaixo:

     

    1. Home
    2. noticias
    3. uma segunda chance para amar …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.