Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Agência do Canadá aprova vacina contra Covid-19 da Pfizer e BioNTech

    Placeholder - loading - news single img
    Canadá aprova vacina da Pfizer 30/10/2020 REUTERS/Dado Ruvic

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Allison Martell e Steve Scherer

    OTTAWA (Reuters) - A Health Canada, agência reguladora canadense, aprovou nesta quarta-feira a vacina contra Covid-19 da Pfizer e BioNTech, abrindo caminho para que as vacinas sejam entregues e administradas em todo o país.

    O primeiro sinal verde de vacina contra o coronavírus do país ocorre sob um novo sistema provisório que permite a aprovação acelerada muito semelhante às autorizações de uso de emergência da norte-americana Food and Drug Administration.

    'A aprovação da vacina está apoiada por evidências de que é segura, eficaz e de boa qualidade', informou a Health Canada em um comunicado. A vacina foi inicialmente autorizada para uso em pessoas com 16 anos ou mais.

    Autoridades canadenses disseram que, segundo acordo de aquisição com a Pfizer, as doses não seriam enviadas para o Canadá até que a vacina obtivesse a aprovação da Health Canada.

    O Canadá começará a receber suas primeiras doses da vacina da Pfizer antes do final de dezembro, disse o primeiro-ministro Justin Trudeau na segunda-feira.

    O Reino Unido foi o primeiro, em 2 de dezembro, a aprovar a vacina da Pfizer, que em um grande ensaio clínico foi 95% eficaz na prevenção da doença.

    A Pfizer é a responsável pelo envio de sua vacina, que requer armazenamento ultrafrio, para todo o Canadá.

    O Canadá tem um pedido de 20 milhões de doses da vacina, o suficiente para inocular 10 milhões de pessoas, com opções de compra de mais 56 milhões.

    Em geral, os sistemas de saúde provinciais e territoriais administrarão a vacina, gratuitamente, em todo o país. Eles terão a palavra final sobre como usar os escassos suprimentos iniciais em suas jurisdições.

    De acordo com orientação preliminar publicada pelo governo federal no início de novembro, as pessoas vulneráveis e aqueles que cuidam delas têm prioridade máxima, incluindo moradores de asilos e alguns profissionais de saúde.

    O Canadá encomendou mais doses per capita do que qualquer outro país.

    (Reportagem de Allison Martell em Toronto e Steve Scherer em Ottawa)

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. agencia do canada aprova …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.