Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Alemanha: 'pandemia dos não vacinados' deixa profissionais de saúde no limite

    No país europeu, o cenário é preocupante: infecções recordes, hospitais lotados e profissionais de saúde exaustos

    Publicada em  

    Transcrito

     

    Em meio à quarta onda de covid-19 na Alemanha, a enfermeira Sandra Reimann está sob extrema pressão. 

     

    Unidades de terapia intensiva - como esta onde ela trabalha - estão sobrecarregadas. 

     

    ENTREVISTA COM SANDRA REIMANN - enfermeira-chefe

    "Acho que ainda teremos um tempo bem difícil por aqui, e de alguma forma teremos que lidar com isso juntos. Não temos alternativa, é simplesmente assim". E não posso ser negativa. Eu tenho, pelo menos. Ainda não posso dizer se vai dar certo. No momento, está tudo um pouco difícil". 

     


    As infecções por covid-19 na Alemanha atingiram seu nível mais alto. Só dois terços dos que vivem no páis estão vacinados. 

     

    Todos estes pacientes hospitalizados não tomaram a vacina. [imagem que mostra os pacientes internados em unidades intensivs de terapias]

     

    ENTREVISTA COM WILMA KLINK - Médica clínica geral 

    "É claro que nos perguntamos: 'por que esses pacientes não se vacinaram?'. Não se trata do fato de agora termos mais trabalho ou nos sentirmos exaustos, mas por que alguém se expõe tão delibeadamente a esse risco?". 


     

    A Alemanha perdeu cerca de 4 mil leitos de UTI desde o início de 2021. 

     

    Muitos enfermeitos deixaram seus empregos devido ao excesso de trabalho e salários baixos. Os raros casos bem-sucedidos mantém a enferemeira, Sandra, motivada.

     

    ENTREVISTA COM SANDRA REIMANN - enfermeira-chefe

    "Tivemos esses momentos em que recebemos fotos de pacientes, em que eles depois voltaram a se levantar, e voltaram a caminhar, e foram para casa, para suas famílias". 


     

    Todos os dias, a equipe lembra a si mesma por que o esforço vale a pena. 

     

    ENTREVISTA COM WILMA KLINK - Médica clínica geral 

    "Por cada vida humana vale a pena lutar. E mesmo que eu só possa salvar um em cada dez, tratarei todos os outros com a mesma intensidade, e então terá valido a pena também por essa única vida [que foi salva]". 


     

    Veja também: 

    Os alimentos certos para ter ossos mais fortes. 

    Avião com seis asas o futuro da aviação. 

    Escrito por DW

    Últimas Notícias

    1. Home
    2. noticias
    3. alemanha pandemia dos nao …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.