Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Ataque a petroleiro do Irã na costa saudita pode ter sido com mísseis, diz mídia

    Placeholder - loading - Petroleiro iraniano no Mar Vermelho  11/10/2019 WANA (West Asia News Agency)
    Petroleiro iraniano no Mar Vermelho 11/10/2019 WANA (West Asia News Agency)

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Parisa Hafezi e Sylvia Westall

    DUBAI (Reuters) - Um navio-petroleiro de propriedade iraniana foi atingido, provavelmente por mísseis, no Mar Vermelho, na costa da Arábia Saudita, nesta sexta-feira, disse a mídia do Irã.

    O incidente, se confirmado, atiçará a tensão em uma região abalada por ataques a petroleiros e instalações petrolíferas ocorridos desde maio.

    O Sabiti foi alvejado de manhã a cerca de 96 quilômetros do porto saudita de Jedá, noticiou a mídia iraniana.

    A Companhia Nacional Iraniana de Navios-tanque (NITC) disse que a embarcação está danificada, mas estável, e negou reportagens segundo as quais foi incendiada.

    O incidente, que ainda não foi confirmado de maneira independente, é o mais recente a envolver navios-petroleiros na área do Mar Vermelho e do Golfo Pérsico, e é provável que eleve as tensões entre Teerã e Riad, inimigos regionais de longa data que travam uma guerra de interesses no Iêmen, localizado no extremo sul do Mar Vermelho.

    Reportagens sobre o incidente, que por ora só vieram de fontes iranianas, ofereceram relatos divergentes. Citando a estatal de petróleo, a televisão estatal disse que o navio foi atingido por mísseis, mas negou uma reportagem segundo a qual partiram da Arábia Saudita.

    A NITC disse que 'as explosões provavelmente foram causadas por ataques de mísseis' e que está investigando a fonte, acrescentando que a tripulação está em segurança.

    O Ministério das Relações Exteriores iraniano disse que o navio foi alvejado duas vezes, sem dizer o que o atingiu.

    A TV estatal exibiu imagens do convés do navio dizendo que foram feitas após o ataque, mas elas não mostravam danos visíveis. As laterais do casco não foram enquadradas.

    O Mar Vermelho é uma grande rota global de petróleo e outros produtos, ligando o Oceano Índico ao Mediterrâneo através do Canal de Suez. Os preços do petróleo saltaram após a notícia, e fontes da indústria disseram que o ataque pode elevar os custos já altos das remessas.

    Ninguém assumiu a responsabilidade pelo incidente desta sexta-feira, que aconteceu na esteira de ataques a navios no Golfo em maio e junho, além de atentados a instalações petrolíferas sauditas em setembro.

    Os Estados Unidos, enredados em uma crise com Teerã devido aos planos nucleares iranianos, culpou o Irã pelos incidentes anteriores. O regime do Irã negou qualquer participação.

    Riad não comentou de imediato as reportagens desta sexta-feira. A Quinta Frota da Marinha dos EUA, que opera na região, disse estar ciente das reportagens, mas que não tem mais informações.

    Escrito por Reuters

    Últimas Notícias

    1. Home
    2. noticias
    3. ataque a petroleiro do ira na …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.