Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1
    Veja todas as Notícias.

    Bloomberg vira alvo prioritário de ataques em debate entre presidenciáveis democratas nos EUA

    Placeholder - loading - news single img
    Michael Bloomberg durante debate entre pré-candidatos democratas à Presidência dos EUA em Las Vegas 19/02/2020 REUTERS/Mike Blake

    Publicada em  

    Por Simon Lewis e Tim Reid

    LAS VEGAS (Reuters) - Michael Bloomberg enfrentou uma avalanche de ataques em seu primeiro debate com os demais pré-candidatos democratas à Presidência dos Estados Unidos na quarta-feira, quando seus rivais miraram no bilionário, que tem financiado a própria campanha e subido nas pesquisas, devido à sua postura em questões raciais, histórico do que chamaram de comentários sexistas e pelo uso de sua fortuna na disputa.

    Em uma estreia difícil, na qual o magnata da mídia e ex-prefeito de Nova York se expôs pela primeira vez aos eleitores, Bloomberg pareceu constrangido e hesitante ao defender sua trajetória e argumentou que é a melhor chance dos democratas derrotarem o presidente republicano Donald Trump em novembro.

    Bernie Sanders, Elizabeth Warren, Amy Klobuchar, Joe Biden e Pete Buttigieg miraram Bloomberg, que cresceu nas pesquisas com a ajuda de uma bombardeio publicitário inédito, mas também cobriram uns aos outros de ataques pessoais no mais agressivo dos nove debates democratas.

    Todos os postulantes no palco do debate de Las Vegas acusaram Bloomberg de tentar comprar sua chegada à Casa Branca e disseram que seu histórico como prefeito e empresário não é bom o suficiente para vencer Trump.

    'Estamos competindo com um bilionário que chama as mulheres de minas gordas e lésbicas com cara de cavalo', disse Warren, senadora de Massachusetts. 'E não, não estou falando de Donald Trump, estou falando do prefeito Bloomberg.'

    'Nós, democratas, corremos um risco enorme se só substituirmos um bilionário arrogante por outro', acrescentou.

    Ao longo dos anos, Bloomberg foi acusado de muitos comentários sexistas e misóginos, e foi alvo de várias ações civis que alegam discriminação contra as mulheres em sua empresa de mídia que leva seu nome.

    Ele não respondeu às alegações de Warren sobre seus supostos comentários sobre mulheres, tirados de um livreto dado a ele em 1990 que supostamente compilou suas declarações ao longo dos anos.

    Um porta-voz de campanha disse que Bloomberg 'simplesmente não disse as coisas que alguém escreveu neste presente de mau gosto'.

    Bloomberg, que entrou no páreo em novembro e se ausentou das quatro primeiras disputas estaduais de fevereiro para se concentrar nas primárias de março, alcançou a segunda posição entre os democratas, só ficando atrás de Sanders, de acordo com uma pesquisa nacional Reuters/Ipsos divulgada na terça-feira.

    Bloomberg disse durante o debate que está usando sua fortuna para uma causa importante.

    'Estou gastando meu dinheiro para nos livrarmos de Donald Trump --o pior presidente que já tivemos. E se eu conseguir fazer isso, será uma grande contribuição para a América e para meus filhos', disse.

    Trump ficou contente de comentar os ataques contra Bloomberg no debate, dizendo aos seus apoiadores em um comício em Phoenix: 'Soube que ele está sendo massacrado esta noite'.

    ((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447759)) REUTERS ES

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. bloomberg vira alvo …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.