alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Brasil não aceitará ser advertido por outros países, diz Bolsonaro em chegada ao G20

    Placeholder - loading - news single img
    Presidente Jair Bolsonaro desembarca no aeroporto de Osaka, no Japão 27/06/2019 G20 Osaka Summit Photo/Divulgação via Reuters

    2515

    Publicada em  

    Atualizada em  

    (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, após desembarcar no Japão para reunião de cúpula do G20, que o Brasil não aceita mais ser advertido por outros países, e disse que o país tem exemplo a dar para a Alemanha, em resposta a comentário da chanceler alemã, Angela Merkel.

    Questionado em entrevista coletiva na cidade japonesa de Osaka sobre comentários feitos na véspera por Merkel, que disse querer conversar com Bolsonaro sobre desmatamento, o presidente rebateu e disse que o país deveria aprender com o Brasil.

    'A indústria deles continua sendo fóssil, de plástico, carvão, e a nossa não. Eles têm muito a aprender conosco', disse Bolsonaro a jornalistas, acrescentando que o Brasil não aceita mais ser tratado como no passado.

    'O presidente do Brasil que está aqui não é como alguns anteriores, (que) vieram aqui para ser advertidos por outros países. A situação aqui é de respeito para com o Brasil. Não aceitaremos tratamento como no passado', afirmou.

    Na cúpula do G20, Bolsonaro terá reuniões bilaterais com diversos líderes mundiais, incluindo o presidente chinês, Xi Jinping -- será o primeiro encontro entre os dois, após Bolsonaro ter criticado a China durante a campanha eleitoral por estar 'comprando' o Brasil

    Bolsonaro mudou sua posição com relação ao maior parceiro comercial do Brasil desde que assumiu o cargo em janeiro e se encontrará com Xi por 40 minutos na manhã de sexta-feira, antes do início da cúpula que reunirá os líderes das maiores economias do mundo em Osaka.

    (Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. brasil nao aceitara ser …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.