Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

Carta da Pfizer não respondida alertava que celeridade era necessária, diz Wajngarten

Placeholder - loading - Ex-secretário de Comunicação Social da Presidência da República Fabio Wajngarten  12/05/2021 REUTERS/Adriano Machado
Ex-secretário de Comunicação Social da Presidência da República Fabio Wajngarten 12/05/2021 REUTERS/Adriano Machado

Publicada em  

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) - O ex-secretário de Comunicação Social da Presidência da República Fabio Wajngarten disponibilizou à CPI da Covid carta da Pfizer encaminhada a diversas autoridades do governo federal em setembro do ano passado, que ficou dois meses sem resposta, em que a farmacêutica alertava que a celeridade era essencial, diante da demanda de outros países.

O ex-secretário disse ter sido alertado por um dono de empresa de comunicação, em novembro do ano passado, que a carta do laboratório estava sem resposta do governo, e que então ele próprio entrou em contato com um representante da Pfizer em Nova York.

Wajngarten relatou à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) ter recebido um telefonema do presidente da Pfizer no Brasil, Carlos Murillo e imediatamente após a conversa, o ex-secretário foi ao gabinete do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Bolsonaro, contou Wajngarten no depoimento, estava reunido com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Guedes teria manifestado-se favorável à compra da vacina, dizendo que 'o caminho' passava pela vacinação. Bolsonaro, por sua vez, teria sinalizado que uma vez aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os imunizantes seriam comprados.

Mais cedo, questionado sobre a carta, Wajngarten afirmou que a carta foi enviada em 12 de setembro ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro da Economia, Paulo Guedes; da Saúde, Eduardo Pazuello; e da Casa Civil, Braga Netto, além do vice-presidente Hamilton Mourão e o embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Nestor Forster.

Escrito por Reuters

Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia Mariah Carey entra em processo pela marca “Rainha do Natal”

Mariah Carey entra em processo pela marca “Rainha do Natal”

Mariah Carey e Natal tem tudo a ver. A cantora tomou a trilha sonora da data para si com suas canções como “All I Want For Christmas Is You” e “When Christmas Comes”. Agora, ao tentar registrar a marca “rainha do natal”, Mariah Carey entrou em uma batalha judicial.

Darlene Love e Elizabeth Chan entraram na justiça para impedir que Mariah registrasse a marca. “É verdade que Mariah Carrey registrou ‘Rainha do Natal’? O que isso quer dizer? Eu não poderei mais usar esse título? David Letterman oficialmente me declarou ‘Rainha do Natal’ 29 anos atrás, um ano antes dela lançar ‘All I Want for Christmas Is You’ e, aos 81 anos, eu não vou mudar nada. Eu estou nesse negócio há 52 anos, eu mereci e ainda atinjo minhas notas! Se Mariah tem um problema ligue para o David ou para meu advogado”, declarou love.

“O Natal já estava aqui antes de qualquer um de nós e, espero, que ele continue depois de nós. Eu acho que ninguém deveria ser dona do Natal e monopolizá-lo da forma que Mariah quer. Não é certo fazer isso, Natal é para todos, é para ser compartilhado, não para ter um dono. Não é só no mundo da música, ela está tentando possuir tudo – roupas, pebidas, mascaras, coleira de cachorro. Se você tricotar um suéter escrito “Rainha do Natal”, você tem que poder vendê-lo”, explicou Elizabeth Chan junto a seu advogado.

Mariah Carrey e seu representante legal não respondeu a declaração.

Elizabeth Chan começou a ser chamada de rainha do natal pela imprensa antes mesmo que ela assumisse o título. O apelido veio em 2014, aos 11 anos de carreira, com o lançamento de “All Access”. Chan ressaltou que não é uma luta contra a artista e que não se considera a “Rainha do Natal”.

Todas elas não foram as únicas a serem chamadas de Rainhas do Natal. Brenda Lee teve suas músicas de natal fazendo sucesso nos anos 50 e 60. A verdade é que tem espaço para várias rainhas do natal.

Veja também

ARTISTA DA SEMANA: HARRY STYLES É DESTAQUE NA PROGRAMAÇÃO

GEORGE EZRA DIZ QUE PODE SE AFASTAR DOS HOLOFOTES DEPOIS DE SUA TURNÊ

11 min
Placeholder - loading - Imagem da notícia Início da campanha eleitoral, pagamento do Auxílio Taxista e mais desta terça

Início da campanha eleitoral, pagamento do Auxílio Taxista e mais desta terça

Confira um resumo das principais notícias do Brasil e do mundo!

Nacional

A campanha eleitoral começa oficialmente nesta terça-feira em todo o Brasil. Os candidatos podem distribuir materiais gráficos, promover comícios e fazer propaganda na internet, desde que respeitem as regras estabelecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral. A campanha vai até 1º de outubro, véspera do primeiro turno de votação.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, tomará posse na noite de hoje como presidente do Tribunal Superior Eleitoral. Sucessor do ministro Edson Fachin, Moraes terá um mandato de dois anos. Na mesma cerimônia, Ricardo Lewandowski, assumirá como vice.

A Polícia Federal cumpre nesta terça-feira mandados de busca e apreensão contra suspeitos de ataques hackers a sistemas do governo federal. Eles teriam atuado na derrubada do ConecteSUS, plataforma de emissão do Certificado Nacional de Vacinação, no fim do ano passado. Segundo a PF, os envolvidos integram uma organização transnacional dedicada à prática de crimes dessa natureza contra entidades públicas e privadas no Brasil, Estados Unidos, Portugal e Colômbia.

O Ministério da Educação divulga hoje o resultado do processo seletivo para o segundo semestre do Fies. A lista dos aprovados pode ser consultada no Portal Único de Acesso. Os candidatos pré-selecionados devem complementar as informações das inscrições entre amanhã e sexta-feira.

4 H
  1. Home
  2. noticias
  3. carta da pfizer nao …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.