alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    China decreta prisão de 2 canadenses por roubo de segredos de Estado

    Placeholder - loading - news single img
    Pessoas com cartazes de Michael Spavor e Michael Kovrig protestam pedindo liberação dos canadenses em Vancouver 06/03/2019 REUTERS/Lindsey Wasson

    1528

    Publicada em  

    Por Michael Martina

    PEQUIM (Reuters) - Autoridades chinesas decretaram a prisão de dois canadenses que foram detidos provisoriamente por roubo de segredos de Estado no ano passado, informou o governo da China nesta quinta-feira, provocando o repúdio do Canadá em um caso que tem elevado a tensão entre Ottawa e Pequim.

    O empresário Michael Spavor, que trabalhou com a Coreia do Norte, e o ex-diplomata Michael Kovrig foram detidos separadamente em dezembro, pouco depois de o Canadá prender a diretora financeira da Huawei Technologies, Meng Wanzhou, que enfrenta possível extradição aos Estados Unidos.A China exigiu várias vezes a libertação de Meng, e reagiu com raiva aos procedimentos de extradição iniciados contra ela em um tribunal canadense.'De acordo com a aprovação de procuradores chineses, Michael Kovrig, devido a ser suspeito dos crimes de coleta de segredos de Estado e de inteligência para (forças) estrangeiras, e Michael Spavor, por ser suspeito dos crimes de roubar e fornecer ilegalmente segredos de Estado para (forças) estrangeiras, nos últimos dias foram aprovadas as prisões de acordo com a lei', disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Lu Kang, em um boletim diário à imprensa.As medidas estão de acordo com a lei, disse Lu, e Pequim espera que o Canadá 'não faça declarações irresponsáveis' sobre o cumprimento da lei e os procedimentos judiciais da China.O governo do Canadá repudiou a decisão.'O Canadá rejeita fortemente sua prisão arbitrária, como rejeita sua detenção arbitrária em 10 de dezembro. Reiteramos nossa exigência para que a China liberte imediatamente o senhor Kovrig e o senhor Spavor', disse a chancelaria canadense.Recentemente, diplomatas canadenses fizeram visitas consulares a ambos, acrescentou, sem fornecer maiores detalhes por motivos de privacidade.'O Canadá continua a expressar sua gratidão àqueles que falaram a favor destes canadenses detidos e ao Estado de Direito. Estes incluem Austrália, a UE (União Europeia), França, Alemanha, Reino Unido, Estados Unidos, Holanda, Letônia, Lituânia, Estônia, Espanha, Dinamarca, a Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) e o G7'.Em março, a China acusou os dois de envolvimento no roubo de segredos de Estado. Pequim disse que está garantindo plenamente os direitos legais de ambos. Kovrig também tem cidadania húngara.(Reportagem adicional de David Ljunggren, em Ottawa)

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. china decreta prisao de 2 …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.