alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1

    Comitê independente da OMS apoia revisão de resposta à pandemia e sugere reformas

    Placeholder - loading - news single img
    Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus 18/05/2020 Christopher Black/OMS/Divulgação via REUTERS

    Publicada em  

    GENEBRA (Reuters) - O órgão de supervisão da Organização Mundial da Saúde (OMS) informou nesta segunda-feira que a instituição 'demonstrou liderança' na resposta à pandemia e que seu desempenho deve ser avaliado, mas 'não durante o ápice' da situação, o que pode ser prejudicial.

    O comitê independente, em seu primeiro relatório que abrange o período de janeiro a abril, sugeriu reformas na OMS, incluindo a introdução de um 'nível ampliado de alertas' antes de declarar uma emergência internacional, a fim de chamar a atenção inicial dos Estados.

    O painel também sugeriu que os 194 Estados-membros da OMS revisassem a proporção e a capacidade de ampliação do programa de emergências da organização, dizendo que o orçamento anual de menos de 300 milhões de dólares era 'muito modesto'.

    'Um entendimento imperfeito e em evolução não é incomum durante a fase inicial do aparecimento de uma nova doença. Muitas incertezas ainda permanecem sobre a Covid-19', afirmou o comitê. O painel alertou que 'a crescente politização da resposta à pandemia' está impedindo a derrota do vírus, acrescentando que 'a OMS não pode ter sucesso sem o apoio político global unificado'.

    Revelando detalhes do segundo apelo de financiamento da OMS, o comitê afirmou que a instituição precisaria de cerca de 1,7 bilhão de dólares até o final do ano, deixando-a com uma 'lacuna de financiamento' de 1,3 bilhão de dólares.

    (Por Stephanie Nebehay)

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. comite independente da oms …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.