alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Consumo de gás no Brasil cai 8% em outubro com menor uso em térmicas, diz Abegás

    Placeholder - loading - news single img

    1517

    Publicada em  

    Atualizada em  

    SÃO PAULO (Reuters) - O consumo de gás natural no Brasil caiu 7,88 por cento em outubro na comparação com mesmo mês do ano passado, principalmente devido à forte retração no uso do insumo para a geração de energia em termelétricas, apontou relatório da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) nesta quarta-feira.

    No total, o consumo de gás em outubro somou 71,08 milhões de metros cúbicos/dia, o que também significou retração de 10,27 por cento ante setembro.

    O uso do gás para geração termelétrica em outubro foi de cerca de 28,3 milhões de m³/dia, forte recuo de 22,9 por cento frente ao mesmo mês de 2017, quando um acionamento maior de usinas térmicas levou a um consumo de 36,69 milhões de m³/dia no segmento.

    Em setembro, as térmicas haviam liderado o consumo de gás no país, com uso total de 34,4 milhões de m³/dia.

    No final daquele mês, no entanto, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) decidiu pelo desligamento das termelétricas mais caras do sistema devido a uma melhoria nas chuvas no Sul, que favoreceu a geração hidrelétrica.

    Em outubro houve recuo também no uso de gás como matéria-prima, com queda de 12,8 por cento na comparação anual, para 494 mil m³/dia, enquanto todos outros segmentos de consumo apresentaram avanço.

    O setor industrial, que alterna com as termelétricas o posto de maior consumidor de gás do país, liderou o consumo em outubro com 28,54 milhões de metros cúbicos, alta de 2,35 por cento na comparação anual. Frente a setembro, houve recuo de 3,5 por cento.

    O uso do gás no setor automotivo também teve importante alta em outubro, com avanço de 15,29 por cento na comparação anual, para cerca de 6,3 milhões de m³/dia, maior patamar da série histórica da Abegás.

    'Desde que a Petrobras adotou uma política de preços de mercado para os combustíveis líquidos em 2017, a competitividade do Gás Natural Veicular (GNV) tem ficado mais evidente para o consumidor. O consumo de GNV desde então vem aumentando de forma consistente ', destacou em nota o presidente da associação, Augusto Salomon.

    No segmento residencial, o consumo de gás avançou 17,76 por cento na comparação com outubro passado, para 1,33 milhão de m³/dia.

    O levantamento estatístico da Abegás, feito com concessionárias em 20 Estados, apontou ainda uma alta de 2,95 por cento no consumo de gás natural do Brasil no acumulado dos 10 primeiros meses de 2018, quando na comparação com igual período do ano anterior.

    (Por Luciano Costa)

    Escrito por Thomson Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. consumo de gas no brasil cai …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.