Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Coronavírus: Destaques da Semana (16-20/11)

    Semana foi cercada pelo medo da segunda onda

    Placeholder - loading - news single img
    Corona - Antena 1/Divulgação

    Publicada em  

    A Antena 1 está cobrindo diariamente cada acontecimento referente a pandemia do novo coronavírus desde o primeiro caso. Neste balanço você encontrará as principais medidas tomadas e descobertas referentes ao vírus que está assolando todo o globo. Além de acompanhar em nosso site, e pela rádio, você também pode entrar no grupo Coronavírus Brasil para se informar 24h por dia.

    Veja também: Coronavírus: Destaques da Semana (09-13/11)

    A semana começou com o México anunciando a ultrapassagem na marca de 1 milhão de pessoas infectadas com o novo coronavírus. No fim de semana do dia 14, o país entrou para a décima primeira colocação na lista de nações que alcançaram a quantidade de casos. No mundo, o território mexicano é o quarto com mais mortes, atrás apenas dos Estados Unidos, Brasil e Índia.

    Porém, na terça-feira (17), a farmacêutica Moderna anunciou que a vacina que está sendo produzida nos seus laboratórios é 94,5% eficaz contra a Covid-19. A notícia não só animou o mercado financeiro, como também chamou a atenção da OMS. O diretor-geral do órgão, Tedros Adhanom Ghebreyesus, comemorou com muita positividade as noticias sobre a proteção preventiva da empresa, porém, alertou que isso não poderia levar a retirada das recomendações e medidas de segurança.

    Na quarta-feira (18) o diretor da Moderna, Stéphanie Bancel, comunicou aos governos europeus que se as negociações ficarem prolongadas para a compra da vacina, as entregas poderão ser atrasadas. Isso porque há uma fila de prioridade para nações que já adquiriram o imunizante. Inclusive, um artigo cientifico publicado pela The Lancet informou que a vacina CoronaVac, produzida pela farmacêutica chinesa Sinovac, mostrou reposta imune satisfatória nas duas fases de testes. Além disso, o Hospital Albert Einstein relatou um aumento de 66% no número de leitos ocupados entre setembro e o começo de novembro, e alertou uma nova leva de pessoas infectadas em massa pelo coronavírus.

    Na quinta-feira (19), o Brasil encontrou uma série de informações animadoras e infelizes sobre a pandemia. Pesquisadores da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) desenvolvera, um spray, que ao ser aplicado em máscaras de algodão, forma uma camada de proteção contra o coronavírus em apenas um minuto. Essa proteção fica por 48 horas e promete 99,99% de eficácia contra o vírus. Além dessa notícia, a farmacêutica Pfizer fez uma proposta ao governo brasileiro para a comercialização da vacina, após relatar que ela apresentou 95% de eficácia. O objetivo da empresa é imunizar milhões de brasileiros no primeiro semestre de 2021. Infelizmente, o dia recebeu o registro de alta em mortes pela doença nos estados PR, RS, SC, ES, MG, RJ, SP, GO, MT, AP, RO, TO e RN, que estão em alerta.

    O último dia da semana foi com regressão em Minas Gerais. O estado voltou para a onda vermelha por conta do aumento constante no numero de casos e mortes nos últimos 14 dias no estado. Por fim, o governo de São Paulo solicitou para os hospitais não reduzam o número de leitos para Covid-19, além da suspensão de cirurgias eletivas. As autoridades temem a segunda onda de infectados pelo coronavírus.

    Participe do grupo Coronavírus Brasil e receba as principais notícias sobre o assunto em primeira mão.

    1. Home
    2. noticias
    3. coronavirus destaques da …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.