alexametrics
Conectando

    O artista explicou porque nunca tocou músicas de sua antiga banda com o Foo Fighters

    Dave Grohl fala sobre o Nirvana em entrevista

    Por Redação, antena 1

    Placeholder - loading - news single img

    Dave Grohl, que foi baterista do Nirvana e atualmente atua nos vocais do Foo Fighters, concedeu entrevista à revista norte-americana Billboard e falou um pouco sobre sua carreira.

    O artista aproveitou o momento para esclarecer uma das maiores dúvidas de seus fãs: porque o músico nunca tocou faixas de sua antiga banda com a atual.

    “Eu não consigo imaginar como isso seria possível. Para mim, aquelas músicas estão trancadas em um quarto no andar de cima da casa, como quando uma pessoa desaparece [...] A única exceção foi no Rock and Roll Hall of Fame, quando eu, Krist Novoselic e Patt Smear nos juntamos com algumas cantoras para tocar aqueles clássicos escritos por Kurt [Cobain]. E depois, na mesma noite, tocamos o set em uma festa no Brooklyn, com amigos e fãs, como J. Mascis, do Dinosaur Jr”, contou ele.

    Outro assunto abordado por ele foi sobre a responsabilidade de trabalhar como líder do Foo Fighters, afirmando que é uma das coisas que ele mais ama. “Eu tenho que sacrificar o meu próprio sono para fazer todas as coisas que quero fazer. Este último ano foi preenchido com mais responsabilidade do que em qualquer outro momento da minha vida; teve o programa de TV, o álbum, a família, a manutenção de uma banda por 20 malditos anos”, disse.

    Dave Grohl também falou sobre seus encontros com ícones como Barack Obama, Paul McCartney, David Bowie e Prince e disse não se sentir um rock star por já ter tocado ao lado deles. “Nem um pouco. Quando você faz uma jam com Paul McCartney você nunca se sente igual a ele”, afirmou.

     

     

     

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.