Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Diante de disparada da Covid, Índia acelera aprovação de vacinas estrangeiras

    Placeholder - loading - news single img
    Profissional de saúde checa temperatura de funcionária de unidade beneficiadora de arroz na vila de Bavla, nos arredores de Ahmedabad, na Índia 13/04/2021 REUTERS/Amit Dave

    Publicada em  

    Por Alasdair Pal e Krishna N. Das

    NOVA DÉLHI (Reuters) - A Índia acelerará a aprovação emergencial de vacinas contra Covid-19 que foram autorizadas por países ocidentais e o Japão, abrindo caminho para possíveis importações de imunizantes da Pfizer, Johnson & Johnson e Moderna.

    A medida, que dispensará a exigência de que as empresas realizem testes de segurança locais de suas vacinas antes de solicitarem uma aprovação emergencial, veio depois que o país testemunhou a maior disparada mundial de casos neste mês.

    Vacinas autorizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) ou por autoridades de Estados Unidos, Europa, Reino Unido e Japão 'podem receber aprovação de uso emergencial na Índia, exigindo a solicitação de paralelos pós-aprovação que cubram testes clínicos', disse o Ministério da Saúde em um comunicado.

    'Os 100 primeiros beneficiários de tais vacinas estrangeiras serão avaliados durante sete dias para a observação de resultados de segurança antes de elas serem distribuídas.'

    A Índia, que é a maior fabricante de vacinas do mundo, já administrou mais de 106 milhões de doses de vacinas contra Covid-19, mas muitos Estados estão sofrendo escassez de suprimentos à medida que as inoculações aumentam em reação à disparada de casos.

    O país vendeu mais de 54,6 milhões de doses de vacina ao exterior e doou mais de 10 milhões de doses a países parceiros.

    Atualmente, a Índia usa a vacina da AstraZeneca e uma desenvolvida localmente pela Bharat Biotech, e nesta semana aprovou a russa Sputnik V para uso emergencial.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. diante de disparada da covid …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.