Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Doença de Chagas: uma infecção latina

    A enfermidade existe no Brasil e em mais 20 países da América Latina

    Placeholder - loading - news single img
    Barbeiro é o principal transmissor da Doença de Chagas. Crédito da imagem: iStock

    Publicada em  

    Mais de 4 mil brasileiros morrem, por ano, em decorrência da doença de Chagas. Os dados são do Ministério da Saúde que estima 1 milhão de pessoas infectadas no Brasil, sendo que a grande maioria não tem conhecimento da doença.

    Os óbitos são resultantes do contágio - anos antes da apresentação de sintomas; e, o desenvolvimento de problemas cardíacos e no sistema digestivo.

    De acordo com o MS, em 2018, foram registrados 380 casos da doença de Chagas Aguda no Brasil, sendo 92% das ocorrências na região Norte do país, principalmente no estado do Pará. Isso significa que para cada 100 mil habitantes, 0,18 contraíram a infecção.

    Além do Brasil, outros 20 países da América Latina já constataram a existência da enfermidade. No total, 7 milhões de pessoas são atingidas pela doença de Chagas em todo o mundo.

    O que é?

    A doença de Chagas também é conhecida como Tripanossomíase americana e é causada pelo protozoário Trypanosoma cruzi. A enfermidade pode apresentar sintomas ou não. Por esse motivo, muitas pessoas contraem a doença e vivem anos sem saber que foram infectadas.

    Na fase crônica, a infecção pode afetar o coração e o sistema digestivo. Na fase aguda o paciente que adquiriu a Tripanossomíase apresenta: febre prolongada; dor de cabeça; fraqueza; e, inchaço. No entanto é a fase crônica que, geralmente, é assintomática.

    A transmissão pode ocorrer de várias maneiras: ter contato com fezes de triatomíneos infectados; ingerir alimentos contaminados; transfusão de sangue ou transplante de órgãos de doadores infectados; pelo contato da pele ferida ou de mucosas com material contaminado.

    Os triatomíneos são insetos conhecidos como barbeiro, chupão, procotó ou bicudo.

    Mulheres infectadas pelo Trypanosoma cruzi que engravidam, podem contaminar o bebê.

    Como evitar a doença? Existe tratamento?

    Especialistas orientam que o primeiro passo para prevenir a infecção é utilizando inseticidas por meio de uma equipe técnica habilitada. Isso faz com que os barbeiros não façam ninho dentro de casa.

    Usar telas ou mosquiteiros, também, é uma alternativa para que os insetos não entrem pela janela ou frestas. Além disso, é muito importante o uso de repelente, principalmente, em áreas de mata.

    Após a confirmação da doença, o tratamento pode ser realizado com os remédios benznidazol e nifurtimox. No entanto, na fase crônica, os medicamentos devem ser avaliados para que haja uma forma clínica de administração.

    Pacientes com Tripanossomíase devem ser sempre acompanhados por médicos para receberem o tratamento adequado.

    A doença de Chagas é uma das enfermidades investidas no Brasil. No fim de dezembro de 2019, o Ministério da Saúde repassou R$ 35,5 milhões em recursos extras para 434 municípios de 24 estados brasileiros: do Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Sergipe, São Paulo, Tocantins, Distrito Federal e Espírito Santo.

    Novo caso

    Nesta sexta-feira, dia 31, uma adolescente de 15 anos morreu com suspeita da doença, em Praia Grande, litoral paulista. A jovem foi diversas vezes ao hospital, mas recebeu vários diagnósticos.

    De acordo com a família da estudante, a vítima começou a passar mal há 15 dias. A princípio, ela foi diagnosticada com dengue. No entanto, há uma semana, a jovem realizou um exame que mostrou inchaço no coração.

    1. Home
    2. noticias
    3. doenca de chagas uma infeccao …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.