Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Dólar vira e sobe com liquidez menor em meio a incerteza político-fiscal

    Placeholder - loading - news single img
    Dólar cai ante real na abertura monitorando exterior. REUTERS/Yuriko Nakao/File Photo

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por José de Castro

    SÃO PAULO (Reuters) - O dólar virou e passou a subir ante o real nesta segunda-feira, seguindo pressão no mercado de juros decorrente de fluxos pontuais em meio a um mercado com liquidez mais fraca.

    Às 12:36, o dólar à vista avançava 0,45%, a 5,7002 reais na venda.

    Mais cedo, a moeda havia caído 0,77%, para 5,631 reais. Mas as compras ganharam força no fim da manhã e rapidamente fizeram a cotação zerar as perdas, com os preços, na sequência, passando para direção de alta. O dólar, então, bateu uma máxima de 5,7037 reais, ganho de 0,51%.

    O mercado doméstico segue volátil em meio ao noticiário político. A taxa de câmbio já vem enfraquecida pela escalada do risco político-fiscal nas últimas semanas devido ao atrito sobre o Orçamento --malvisto pelo mercado-- e, agora, a CPI da Covid no Senado.

    A avaliação é que esses eventos distraem ainda mais o foco da equipe econômica, do governo e do Congresso da agenda de reformas, cujo cronograma é tido como apertado à medida que no segundo semestre o tema das conversas em Brasília deve se voltar para a eleição de 2022.

    Para Jason Vieira, economista-chefe da Infinity Asset, a determinação de instalação da CPI da Covid-19 e as pressões do centrão em relação ao Orçamento podem se multiplicar, o que pode trazer um problema 'muito grave' ao governo.

    'Um problema de ter de aprovar uma peça de Orçamento que pode trazer o impeachment do presidente Bolsonaro e colocá-lo na mão do centrão mais uma vez', disse.

    No exterior, o dólar recuava 0,1% frente a uma cesta de divisas de países ricos e caía em relação à maioria das moedas emergentes.

    A agenda externa é rica nesta semana de potenciais catalisadores para os mercados de câmbio, com destaque para dados de inflação nos Estados Unidos (na terça); discurso do chair do Federal Reserve, Jerome Powell (na quarta); e início da temporada de balanços corporativos trimestrais.

    'Tudo na conta, parece que o mercado de câmbio está em transição. A recuperação do dólar (no exterior) está perdendo força, mas ainda é muito cedo para esperar que as demais divisas tomem uma direção', disseram estrategistas do Société Générale em nota.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. dolar cai ante real na …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.