alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Economistas passam a ver Selic a 5,00% neste ano

    Placeholder - loading - news single img
    15/10/2010 REUTERS/Bruno Domingos

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Camila Moreira

    SÃO PAULO (Reuters) - A expectativa para a taxa básica de juros na pesquisa Focus que o Banco Central divulgou nesta segunda-feira voltou a cair para este ano, em meio à fraqueza da economia e à inflação comportada.

    O levantamento semanal apontou que a expectativa para a Selic, reduzida na última reunião a 6,0%, é agora de que termine 2019 a 5,00%, de 5,25% antes. Com isso, o cenário se alinha ao do Top-5, grupo dos que mais acertam as previsões, que também baixou a visão para os juros básicos a 5%, de 5,13%.

    De acordo com as estimativas, a perspectiva é de corte de 0,50 ponto percentual no encontro de setembro do BC, seguido de mais duas reduções de 0,25 ponto cada.

    Em sua comunicação mais recente, o BC repetiu que a conjuntura ainda prescreve política monetária estimulativa no Brasil --ou seja, com juro abaixo do neutro--, com inflação ancorada.

    Para 2020 permanece a projeção de 5,50%, mas o Top-5 vê a taxa mais baixa, a 5,13% na mediana das estimativas, de 5,38% na semana anterior.

    A pesquisa com uma centena de economistas ainda aponta que eles passaram a ver crescimento do PIB este ano de 0,81%, 0,01 ponto percentual a menos do que no levantamento anterior, mantendo a previsão para o próximo ano em 2,10%.

    Já a alta do IPCA é estimada 3,76% em 2019, de 3,80, indo a 3,90% em 2020, sem alterações. O centro da meta oficial de 2019 é de 4,25 por cento e, de 2020, de 4 por cento, ambos com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. economistas passam a ver …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.