alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Estudo revela que reduzir calorias traz benefícios além dos esperados

    Um corte de apenas 300 calorias diárias já melhora os níveis de colesterol, pressão alta e açúcar no sangue.

    Placeholder - loading - news single img
    Prato de comida saudável (Foto: Pixabay)

    3098

    Publicada em  

    A restrição de calorias costuma ser a primeira recomendação para quem deseja emagrecer. Um novo estudo, no entanto, sugeriu que diminuir a ingestão de calorias diárias pode trazer vários benefícios mesmo para pessoas dentro da faixa de peso adequada. Entre eles, diminuição dos riscos de desenvolver hipertensão, diabetes e câncer.

    Segundo os pesquisadores, um corte de apenas 300 calorias já melhora significativamente os níveis de colesterol, pressão alta e açúcar no sangue. O estudo, publicado na revista The Lancet Diabetes & Endocrinology, indica ainda que essa mudança de hábito pode ajudar a reduzir cerca de 10% do peso corporal.

    Além disso, a redução calórica ajuda a melhorar funções cardiometabólicas, que envolve o coração e o sistema circulatório.

    Para alcançar esses bons resultados, basta cortar da alimentação os pequenos lanches calóricos entre as principais refeições – isso inclui barrinhas de cereal, torradas saborizadas e sucos industrializados.  “As pessoas podem fazer isso se simplesmente vigiarem as pequenas indiscrições aqui e ali, ou talvez reduzindo a quantidade, como não fazer lanchinhos após o jantar”, explicou William E. Kraus, principal autor da pesquisa, ao Medical News Today

    A maioria dos participantes do estudo só foi capaz de diminuir 12% da quantidade de calorias diárias. Mesmo assim, isso foi o suficiente para reduzir 200 a 300 calorias diárias da alimentação, ajudando a melhorar níveis de colesterol e pressão arterial, marcadores de açúcar no sangue e saúde metabólica em geral. Esse avanço, consequentemente, foi associado a menor riscos de doenças crônicas. 

    A restrição calórica atuou positivamente também na proteína C-reativa, substância que revela os níveis de inflamação e está associada a doenças cardíacas, declínio cognitivo e câncer. Além disso, a intervenção favoreceu a sensibilidade a insulina (o que reduz o risco de diabetes) e os marcadores da síndrome metabólica (condição que aumenta o risco de acidente vascular cerebral) e doença cardíaca.

    Apesar dos resultados, outros estudos apontam que a contagem de calorias nem sempre apresenta resultados precisos. É importante lembrar que alguns alimentos podem fornecer a mesma quantidade de energia, mas afetam o corpo de maneira diferente, como é o caso de alimentos processados em comparação com suas versões naturais. Ainda há pesquisas que indicam que a restrição de calorias pode prejudicar a saúde mental.

    Por isso, antes de fazer qualquer intervenção na dieta, é extremamente necessário consultar um especialista.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    1. Home
    2. noticias
    3. estudo revela que reduzir …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.