Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    EUA cogitam retomar uso da vacina contra Covid-19 da J&J

    Placeholder - loading - news single img
    Caixa com vacina da Johnson & Johnson contra Covid-19 em centro de vacinação em Pamplona, na Espanha 22/04/2021 REUTERS/Vincent West

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Manas Mishra

    (Reuters) - Conselheiros do Centro de Controle e Prevenção de Doenças do Estados Unidos (CDC) se reunirão nesta sexta-feira para analisar se é seguro voltar a usar a vacina contra Covid-19 da Johnson & Johnson, e autoridades de saúde de alto escalão do país se preparam para uma luz verde.

    A vacina foi suspensa pelo CDC e pela Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) na semana passada, após relatos de coágulos sanguíneos raros graves acompanhados por uma contagem baixa de plaquetas. Autoridades de saúde disseram que esperam um retorno do uso da vacina após a reunião do painel.

    A diretora do CDC, Rochelle Walensky, disse durante coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira que a agência havia preparado uma análise de risco e benefício para o painel, incluindo a ponderação de que alguns indivíduos podem escolher não ser vacinados se não puderem receber a vacina de dose única da J&J.

    Tanto a agência quanto o CDC 'acreditam fortemente que é preciso agir rapidamente', disse Walensky.

    O CDC e a FDA pediram uma pausa na semana passada após relatos de seis casos de coágulos sanguíneos cerebrais raros acompanhados por uma contagem baixa de plaquetas entre as quase 8 milhões de doses administradas nos Estados Unidos.

    Na sexta-feira, a equipe do CDC e especialistas apresentaram dados sobre esses casos e expandiram sua análise para incluir relatórios nos quais coágulos sanguíneos graves ocorreram em outras partes do corpo além do cérebro, mas também estavam associados a uma contagem baixa de plaquetas.

    Os consultores disseram que houve 13 casos entre mulheres com menos de 50 anos - uma taxa de 7 por milhão de doses administradas - e dois casos em mulheres com 50 anos ou mais - uma taxa de menos de 1 por milhão de doses administradas. A análise não encontrou casos semelhantes em homens.

    O país encomendou doses suficientes de vacinas da Pfizer/BioNTech e da Moderna para inocular todos os adultos, mas muitas autoridades reguladoras graduadas, como o especialista em doenças infecciosas Anthony Fauci, sinalizaram que esperam retomar o uso da vacina da J&J.

    (Por Manas Mishra em Bengaluru; reportagem adicional de Julie Steenhuysen em Chicago, Susan Heavey em Washington, Carl O'Donnell e Caroline Humer em Nova York)

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. eua cogitam retomar uso da …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.