alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Evitar alimentos de origem animal não faz com que você seja mais saudável

    Você não precisa eliminar completamente da dieta os derivados de animais para ter um coração mais saudável.

    Por Redação

    Placeholder - loading - news single img

    Cientistas da Universidade de Harvard concluíram que uma dieta vegana, por si só, não torna uma pessoa mais saudável.  De acordo com o estudo, o problema está nos substitutos que dão lugar às proteínas. Os grandes vilões são os alimentos superprocessados, açucarados demais ou cheios de gordura vegetal – que é prejudicial assim como a animal.

    Quando comparados a pessoas que evitavam alimentos industrializados – mesmo as que comiam carne – veganos e vegetarianos sem muitos critérios alimentares desenvolveram mais doenças do coração.

    A pesquisa considerou três bancos de dados sobre saúde pública, que analisaram voluntários livres de doenças cardiovasculares ou histórico de problemas como diabetes, desde a década de 80 até 2012.

    A partir dos relatos das cobaias, foram criados três grupos alimentares. No primeiro deles, estavam os que consumiam grandes quantidades de frutas e legumes, mas não abriam mão de até de seis porções de carne, leite ou derivados.

    O segundo grupo incluía também, além dos vegetais, elementos como grãos, nozes e castanhas – além de menos carne, gordura e açúcares. O último, por outro lado, era daqueles que não comiam carne, mas que não eram criteriosos na hora de escolher o alimento, sem olhar a procedência e muito menos as calorias.

    Ao longo dos mais de 20 anos de pesquisa, o segundo grupo se manteve com o coração mais preservado. Eles tiveram 25 por cento menos chance de doenças cardiovasculares, se comparados ao grupo que comia muitos vegetais e não controlava as quantidades de açúcar, gordura e carne.

    Mas a principal surpresa foi em relação àqueles que se privavam de alimentos de origem animal, mas que não prestavam atenção na dieta. Um estilo de vida mais desregrado, cheio de doces e refrigerantes, aumentou a chance de infarto em 32 por cento em comparação ao segundo grupo.

     “Nosso trabalho mostra que você não precisa eliminar completamente da dieta os derivados de animais para ter um coração mais saudável”,  explica Ambika Satija, uma das responsáveis pelo estudo.

    Para ler mais notícias, curta a página Antena 1 News no Facebook!

    1. Home
    2. noticias
    3. evitar alimentos de origem …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.