alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1
    Veja todas as Notícias.

    Fumaça atrapalha resgate na Austrália

    A fumaça é a maior dificuldade encontrada pelas autoridades para retomar os resgates

    Placeholder - loading - news single img
    Incêndio em estados australianos acontece desde setembro de 2019. Crédito da imagem: iStock

    Publicada em  

    As estradas que dão acesso aos estados de New South Wales e Victoria, na Austrália, foram reabertas nesta segunda-feira (06), pelas autoridades.

    As vias estavam bloqueadas devido aos incêndios que atingem os locais desde a última quinta-feira (02).

    Bombeiros e o governo australiano trabalham na evacuação dos estados. Além disso, o líder de NSW declarou emergência.

    Na semana passada, um navio da marinha chegou à cidade costeira de Mallacoota, próxima à fronteira com New South Wales e levou diversos habitantes para lugares com pelo menos 260 km de distância do incêndio.

    Isso porque, a previsão para o último sábado (04) era de altas temperaturas e ventos fortes, o que ocasionaria um alastramento do fogo.

    A condição climática desta segunda-feira é boa para o resgate de pessoas que continuam isoladas no local. Porém, a fumaça é a maior dificuldade encontrada para retomar a evacuação.

    Até a manhã de hoje, 25 pessoas morreram. No total, 8 milhões de hectares de terras australianas foram atingidos pelas queimadas. A área tem o tamanho equivalente à Áustria. Além disso, diversos prédios foram destruídos pelo fogo.

    Embora no último fim de semana, a chuva branda tenha dado uma trégua no alastramento do fogo, a previsão climática para esta semana é considerada perigosa.

    O primeiro-ministro Scott Morrison anunciou um projeto para a recuperação do incêndio florestal, orçado em US$ 1,4 bilhão (cerca de R$ 5,69 bilhões).

    Os incêndios que tomam conta de grande parte da Austrália, desde setembro de 2019, são consequência das altas temperaturas (que ultrapassaram os 44º) e da vegetação seca - por causa da pouca chuva.  

    Como nessa época do ano os ventos são extremamente fortes, a situação se agravou.

    A circunstância fez com que seguradoras recebessem quase 6 mil protocolos de perdas ligadas ao incêndio. O valor do prejuízo chega a 375 milhões de dólares australianos (cerca de R$ 1,06 bilhão).

    Austrália recebe ajuda

    O país vizinho, Nova Zelândia, enviou três helicópteros para ajudar nos resgates. Ainda nesta semana, o país deve mandar mais aeronaves.

    O ator Russell Crowe não esteve presente na cerimônia do Globo de Ouro, pois estava na Austrália com a família. Ele ainda afirmou que as queimadas são consequências da mudança climática.

    Crowe venceu um prêmio por interpretar um executivo de TV na série “The Loudest Voice in the Room".

    A cantora australiana Kylie Minogue doou US$ 500 mil para o combate ao fogo e o apoio necessário para isso.

    “Grande ou pequeno, perto ou longe, qualquer apoio vai ajudar aqueles afetadas pelas queimadas devastadoras”, escreveu a artista em sua rede social.

    1. Home
    2. noticias
    3. fumaca atrapalha resgate na …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.