Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Governo dos EUA abre contra Google maior processo antitruste em 20 anos

    Placeholder - loading - REUTERS/Dado Ruvic
    REUTERS/Dado Ruvic

    Publicada em  

    Por Diane Bartz e David Shepardson

    WASHINGTON (Reuters) - O Departamento de Justiça dos Estados Unidos e 11 Estados do país entraram com uma ação antitruste contra o Google nesta terça-feira, acusando a companhia de usar seu poder de mercado para afastar rivais.

    O processo marca o maior caso antitruste em uma geração, comparável ao processo contra a Microsoft movido em 1998 e ao processo contra a AT&T, de 1974, que levou à dissolução do Sistema Bell.

    O processo alega que o Google agiu ilegalmente para manter sua posição nos mercados de busca e publicidade na internet. Ele afirma que 'na ausência de uma ordem judicial, o Google continuará executando sua estratégia anticompetitiva, prejudicando o processo competitivo, reduzindo a escolha do consumidor e sufocando a inovação'.

    'O Google é agora a porta de entrada incontestável para a internet a bilhões de usuários em todo o mundo...Para o bem dos consumidores, anunciantes e todas as empresas norte-americanas que agora dependem da economia da internet, chegou a hora de parar a conduta anticompetitiva do Google e restaurar a concorrência', afirma a ação.

    Quando questionado em uma teleconferência sobre a ação específica a ser tomada, um funcionário do Departamento de Justiça disse: 'nada está fora de questão'.

    Representantes do Google não comentaram o assunto. A companhia teve receita de 162 bilhões de dólares em 2019, mais do que o Produto Interno Bruto (PIB) de países como Hungria, Ucrânia e Marrocos.

    O senador republicano Josh Hawley, um crítico feroz do Google, acusou a empresa de manter o poder por 'meios ilegais' e chamou o processo de 'o caso antitruste mais importante em uma geração'.

    O processo da Microsoft recebeu o crédito por abrir caminho para o crescimento explosivo da internet, uma vez que a ação impediu a empresa de tentar enfraquecer concorrentes.

    O processo federal desta terça-feira marca um raro momento de acordo entre o governo Trump e os democratas progressistas. A senadora Elizabeth Warren tuitou em 10 de setembro, usando a hashtag #BreakUpBigTech, que ela queria 'ação rápida e agressiva'.

    Ocorrendo poucos dias antes da eleição presidencial dos Estados Unidos, o momento do processo pode ser visto como um gesto político, pois cumpre uma promessa feita pelo presidente Donald Trump a seus apoiadores de responsabilizar empresas por supostamente sufocarem vozes conservadoras.

    As ações da Alphabet, controladora do Google, subiam quase 1% após a notícia. Há alguma dúvida nos mercados se os parlamentares de Washington podem realmente se unir para tomar uma ação contra a empresa, de acordo com Neil Campling, chefe de pesquisa de mídia de tecnologia e telecomunicações da Mirabaud Securities em Londres.

    'É como trancar a porteira depois que o cavalo fugiu. O Google já assumiu a posição de monopólio, investiu bilhões em infraestrutura, IA, tecnologias, software, engenharia e talento. Você não pode simplesmente desfazer uma década de progresso significativo.'

    Os 11 Estados que aderiram à ação têm procuradores-gerais republicanos.

    Mais ações judiciais podem estar acontecendo, já que estão em andamento investigações por procuradores-gerais estaduais, bem como uma investigação sobre os negócios mais amplos de publicidade digital da empresa. Um grupo de procuradores-gerais liderados pelo Texas deve abrir um processo separado focado em publicidade digital já em novembro, enquanto um grupo liderado pelo Colorado está contemplando uma investigação mais ampla contra o Google.

    O processo do Departamento de Justiça ocorre mais de um ano depois que o órgão e a Comissão Federal de Comércio (FTC) começaram investigações antitruste sobre Amazon.com, Apple, Facebook e Google.

    Sete anos atrás, a FTC fechou acordo com a empresa em uma investigação antitruste que acusava o Google de favorecer seus próprios produtos em resultados de buscas dos usuários. O acordo foi contestado por alguns advogados da equipe da FTC.

    O Google tem enfrentado desafios legais semelhantes no exterior. A União Europeia (UE) multou a companhia em 1,7 bilhão de dólares em 2019 por impedir que sites usassem serviços rivais para encontrarem anunciantes, 2,6 bilhões de dólares em 2017 por favorecer seu próprio produto de shopping em resultados de pesquisas e 4,9 bilhões de dólares em 2018 por bloquear rivais em seu sistema operacional Android.

    ((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447764))

    REUTERS PAL AAJ

    Escrito por Reuters

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia Global Citizen: festival online tem apresentações de Elton John e mais

    Global Citizen: festival online tem apresentações de Elton John e mais

    Neste sábdo, 25 de setembro, acontece mais uma edição do Global Citizen, um dos maiores festivais beneficentes do mundo da música. A transmissão online é totalmente gratuita e será feita pelo canal oficial do evento no YouTube, a partir das 14h. 
     
    O mais legal sobre esse festival é que ele acontece durante 24 horas seguidas, sem interrupções. Então, se você é fã de música internacional esse é o evento certo para você curtir no seu final de semana. 
     
    As apresentações serão transmitidas de diversas cidades ao redor do mundo, sendo: Nova York, Los Angeles, Paris, Londres, Lagos, Rio de Janeiro, Sydney e Mumbai.  
     
    Para o evento, foram confirmadas presenças de Ed SheeranElton JohnDuran DuranStevie WonderShawn MendesKylie Minogue e muitos outros. Todos os cantores e bandas que vão participar do Global Citizen estão doando o seu tempo e seu show em prol de causas humanitárias, como melhores condições de vida da população, mudanças climáticas e uma melhor distribuição da vacina contra a Covid-19 ao redor do mundo. 
     
    Confira o line-up completo do evento:
     
    De Nova York
    Coldplay, Billie Eilish, Camila Cabello, Jennifer Lopez, Lizzo, Meek Mill e Shawn Mendes, Alessia Cara, Burna Boy, Cyndi Lauper, Jon Batiste e Lang Lang, Amber Ruffin, Andy Cohen, Billy Porter, Bonang Matheba, Bridget Moynahan, Connie Britton, Deborra-lee Furness, Desus Nice e The Kid Mero, Dikembe Mutombo, Katie Holmes, Nomzamo Mbatha, Padma Lakshmi, Rachel Brosnahan, Skip Marley e Tan France.
     
    De Paris
    Ed Sheeran, Elton John, Black Eyed Peas, Christine e as Rainhas, Doja Cat e Måneskin, Angélique Kidjo, Charlie Puth e Fatma Said.

    De Los Angeles
    Stevie Wonder, Adam Lambert, Chloe x Halle, Demi Lovato, HER, Migos, ONEREPUBLIC, Ozuna, The Lumineers e 5 Seconds of Summer, JoJo, Joseph Gordon-Levitt, Michaela Jaé Rodriguez, Maggie Q e Scott Evans.

    De Londres
    Duran Duran, Kylie Minogue, Nile Rodgers e Chic e Rag'n'Bone Man.

    De Lagos
    Femi Kuti, Davido, Tiwa Savage e Made Kuti, Ebuka Obi-Uchendu e Nancy Isime.

    Para asisstir ao Global Citizen 2021, clique no player abaxio:

    Veja também:

     
    Elton John e Charlie Puth se unem para um novo single, 'After All'
     
    'Tonight United': Duran Duran lança música em parceria com Giorgio Moroder

    2 D
    Placeholder - loading - Imagem da notícia Aos 81 anos, Ringo Starr lança novo EP com quatro músicas inéditas

    Aos 81 anos, Ringo Starr lança novo EP com quatro músicas inéditas

    Nesta sexta, 22 de setembro, o cantor e baterista, Ringo Starr, lançou seu mais novo álbum, 'Change The World'. O disco conta com 3 faixas autorais e uma regravação, sendo: “Let’s Change the World”, “Just That Way”, “Coming Undone” e “Rock Around the Clock”, de Bill Haley & His Comets.
     
    O diferencial deste trabalho é que ele foi produzido inteiramente no estúdio caseiro do musicista, localizado em Los Angeles nos Estados Unidos. Mas, para isso, Ringo contou com a ajuda de diversos artistas, como o jazzista Trombone Shorty e a produtora Linda Perry. 
     
    Com a pandemia do coronavírus, a banda de Ringo, All-Star Band, foi impedida de realizar a turnê como haviam programado e, de acordo com o cantor, gravar e lançar músicas foi o que o ajudou a passar pelo isolamento social. “Ter um estúdio em casa foi a minha salvação”, declarou o ex-Beatle
     
    E, claro, desse escape surgiu um trabalho repleto de letras positivas e de melodias marcantes, que deixou um gostinho de quero mais nos seus fãs ao redor mundo.  
     
    Clique no player abaixo para ouvir 'Change The World' completo:
     
     
     
    Em março deste ano, o artista já havia disponibilizado em suas redes sociais o álbum 'Zoom In', também produzido por ele durante a quarentena. O EP conta com cinco faixas totalmente inéditas e com participações dos instrumentistas Nathan East, Steve Lukather, Bruce Sugar, Benmont Tench, Charlie Bisharat, Jacob Braun e Jim Cox.
     
    O single de divulgação desse disco foi 'Here's To The Nights', escrito pela cantora e compositora norte-americana Diane Warren, e é uma canção muito especial para Ringo, já que Paul McCartney, Lenny Kravitz, Joe Walsh, Corinne Bailey Rae, Jenny Lewis e Eric Burton também participam da versão final desta faixa. 
     
    O videoclipe oficial da música fez tanto sucesso que já conta com mais de 800 mil visualizações no YouTube. Confira: 
     
     
    Veja também:
     
    Ouça o dueto de Ray Charles com Steve Tyrell
     
    'Tonight United': Duran Duran lança música em parceria com Giorgio Moroder

    2 D
    Placeholder - loading - Imagem da notícia 'Tonight United': Duran Duran lança música em parceria com Giorgio Moroder

    'Tonight United': Duran Duran lança música em parceria com Giorgio Moroder

    Esta sexta-feira, 24 de setembro, já começou com várias novidades no mundo da música e isso inclui o lançamento de 'Tonight United', sendo esse o novo single de Duran Duran em parceria com o rei do disco, Giorgio Moroder. A canção faz parte de  'Future Past', décimo quinto disco de estúdio da banda. 
     
    Em nota, Simon Le Bond, vocalista do grupo, declarou: "Giorgio Moroder, Duran Duran ... isso é música para um mundo que está se reunindo”. 
     
    Um dos motivos para 'Tonight United' ter sido divulgada hoje, é que a canção é a música tema do festival 'Global Citizen' - que acontece neste sábado (25), em Londres, e será transmitido ao vivo pelo YouTube do evento. Clique aqui para acessar o canal do show.  
     
    Veja o vídeo oficial da música: 
     
     
    “Quando entramos em estúdio pela primeira vez no final de 2018, eu estava tentando persuadir os caras de que tudo o que precisávamos fazer era escrever duas ou três faixas para um EP. Quatro dias depois, com o núcleo de mais de 25 canções fortes, que todas mereciam desenvolvimento, percebi que estaríamos nisso por um longo tempo, mas isso foi antes de Covid-19. Então, aqui estamos nós em 2021 com nosso 15º álbum de estúdio e nos esforçando ao máximo", afirmou Le Bond.  
     
    As demais faixas do disco também contém parcerias com grandes artistas da indústria musical, como Mark Ranson, Lykke Li, To Love, CHAI, Graham Coxon do Blur e Mick Grason - tecladista de David Bowie. 
     
    'Future Past' estará disponível em sua versão completa a partir do dia 22 de outubro deste ano. Confira as músicas foram publicadas, até o momento:
     
     
    Veja mais:
     
    Shows lendários de Bruce Springsteen ganham data de lançamento
     
    Genesis inicia turnê de despedida 'The Last Domino Tour?' na Inglaterra

    2 D
    1. Home
    2. noticias
    3. governo dos eua abre contra …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.