Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Governo libera R$1 bilhão para inaugurar obras ainda no mandato de Temer

    Placeholder - loading - news single img

    Publicada em  

    BRASÍLIA (Reuters) - O governo federal decidiu liberar 1 bilhão de reais para tentar acelerar obras que possam ser inauguradas ou iniciadas antes do final do mandado do presidente Michel Temer, anunciou nesta quarta-feira o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun.

    Na lista estão 20 ações, classificadas pelo governo de 'desafios', e que serão aceleradas para serem --na maior parte dos casos-- inauguradas até dezembro.

    Estão na lista, por exemplo, a inauguração da modernização do porto de Vitória, a etapa até Fortaleza da transposição do São Francisco, a duplicação e restauração da BR 163 entre Jaciara e Cuiabá, a segunda ponte do Guaíba (RS) e o lançamento do submarino Riachuelo.

    Em alguns casos, como da ponte do Guaíba, a inauguração será parcial. Prometida desde o governo de Dilma Rousseff, a ponte está cumprindo o cronograma mas enfrenta problemas com desapropriações. De acordo com o ministro dos Transportes, Valter Casimiro, será possível inaugurar só um lado da ponte, que leva de Porto Alegre a Guaíba, mas não o lado contrário.

    No caso do submarino, o cronograma também está sendo cumprido, não havendo, segundo Marun, um 'desafio' específico além de mantê-lo.

    O governo incluiu na lista ainda a assinatura da Ordem de Serviço da segunda ponte entre Brasil e Paraguai na região de Foz do Iguaçu, entre a localidade brasileira de Porto Meira e Presidente Franco, no Paraguai. As obras devem começar imediatamente e durar três anos. O custo, de 280 milhões de reais, deverá ser bancado pela hidrelétrica de Itaipu, que tem um fundo para desenvolvimento da região.

    O governo coloca ainda no pacote a assinatura do acordo com o governo paraguaio para construção de uma terceira ponte, entre Porto Murtinho (MS) e Carmelo Peralta, também bancada por Itaipu. Esta tem um custo estimado de 210 milhões de reais, de acordo com Casimiro, mas o projeto --que será feito pelo Paraguai-- ainda não existe, o que pode mudar esse orçamento.

    'Os critérios para definição dessas escolhas foram obras que não seriam entregues este ano sem um esforço maior, a relevância para a população e depois, buscamos ações e iniciativas em todas as áreas', disse Marun.

    De acordo com o ministro, Temer deve ir a todas as inaugurações possíveis. A primeira deverá ser em 15 de novembro, do Laboratório Acelerador de Elétrons Siriuse, em Campinas (SP).

    (Reportagem de Lisandra Paraguassu)

    Escrito por Thomson Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. governo libera r1 bilhao para …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.