alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Ibovespa recua com preocupações sobre cena política

    Placeholder - loading - news single img

    1518

    Publicada em  

    Atualizada em  

    Por Paula Arend Laier

    SÃO PAULO (Reuters) - A bolsa paulista mostrava fortes perdas nesta quarta-feira, em meio a receios com o ambiente político, após deputados aprovarem na véspera PEC que reduz margem de manobra do governo com o Orçamento da União, o que o mercado entendeu como derrota do governo e sinalização negativa para a reforma da Previdência.

    Às 11:19, o Ibovespa caía 1,99 por cento, a 93.412,94 pontos. No pior momento nesta manhã, recuou 2 por cento. O volume financeiro somava 2,82 bilhões de reais.

    Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa fechou a terça-feira em alta de 1,76 por cento, a 95.306,82 pontos, quebrando uma sequência de cinco pregões negativos.

    A Câmara aprovou na noite de terça-feira, em dois turnos por ampla maioria, Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que torna obrigatória a execução de emendas coletivas no Orçamento da União, no que pode ser visto como uma mensagem de insatisfação na relação com o governo de Jair Bolsonaro.

    Para a equipe da Brasil Plural, a dificuldade do governo em fazer avançar a reforma na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara e o recado passado pelo plenário da Casa em relação às novas regras orçamentárias somente ressaltam que faz muita falta a condução política do governo no Congresso.

    'Sem isso, a tramitação da reforma da Previdência poderá ser lenta e implicar em perdas significativas na economia prevista originalmente', avaliou em nota a clientes.

    Em relatório, a consultoria LCA destacou que 'está claro que os riscos à reforma previdenciária (e à agenda econômica como um todo) aumentaram substancialmente.

    Nesse contexto, tende a ocupar as atenções a presença do ministro da Economia, Paulo Guedes, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado nesta tarde (14h), principalmente após ele ter cancelado a ida à CCJ da Câmara na véspera.

    O cenário externo não mostrava um viés único, com tom positivo nos pregões europeus, mas fraqueza em Wall Street, enquanto o petróleo tinha pequenas altas, em sessão na qual o noticiário trazia números mais fracos sobre lucro industrial na China, corroborando preocupações sobre a desaceleração global.

    DESTAQUES

    - TIM perdia 3,42 por cento, em sessão com resultado da rival Oi, que reportou um prejuízo líquido bilionário no quarto trimestre, refletindo a piora do resultado financeiro e queda nas receitas, enquanto sinalizou aceleração de investimentos. As preferenciais da OI, que não estão no Ibovespa, caíam 4,42 por cento.

    - GOL recuava 3,85 por cento, tendo como pano de fundo a alta do dólar ante o real, após a Câmara concluir votação do projeto que libera a participação de capital estrangeiro em companhias aéreas com sede no país, rejeitando a maior parte dos destaques. A proposta agora segue para o Senado.

    - PETROBRAS PN cedia 2,76 por cento, após forte alta na véspera, contaminada pelo viés negativo generalizado no pregão brasileiro, enquanto os preços do petróleo tinham pequenas altas no exterior.

    - BANCO DO BRASIL ON perdia 3,22 por cento, capitaneando as perdas do setor bancário no Ibovespa, com ITAÚ UNIBANCO PN caindo 1,8 por cento, BRADESCO PN recuando 1,97 por cento e SANTANDER BRASIL cedendo 2,52 por cento.

    - VALE tinha variação negativa de 0,3 por cento, em sessão de alta do setor mineração na Europa, antes da divulgação do balanço prevista para depois do fechamento do pregão.

    - NATURA perdia 0,45 por cento, após sessão de alta na véspera, conforme seguem as expectativas relacionadas a eventual acordo com a Avon. Mais cedo, a fabricante de cosméticos também anunciou parceria com o Santander Brasil para oferecer conta 100 por cento digital a consultoras.

    Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

    Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

    (Por Paula Arend Laier)

    Escrito por Thomson Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. ibovespa recua com …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.