alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Indicador Antecedente de Emprego no Brasil vai em setembro menor nível em quase 2 anos por incertezas, diz FGV

    Placeholder - loading - news single img

    1513

    Publicada em  

    Atualizada em  

    SÃO PAULO (Reuters) - O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) mostrou em setembro um cenário de elevada incerteza no mercado de trabalho ao recuar pelo sétimo mês seguido e atingir o menor nível em quase dois anos, informou nesta terça-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV).

    O IAEmp, que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, caiu 3,3 pontos e foi a 91,0 pontos em setembro, o menor resultado desde dezembro de 2016.

    'A queda no Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) reflete a elevada incerteza quanto ao crescimento da atividade econômica futura do Brasil e, portanto, quanto à geração do emprego', explicou o economista da FGV/Ibre Fernando de Holanda Barbosa Filho em nota.

    Seis dos sete componentes do IAEmp registraram queda, com destaque para o indicador que mensura o emprego local futuro da Sondagem do Consumidor, que recuou 6,8 pontos entre agosto e setembro.

    O Indicador Coincidente de Emprego (ICD), que capta a percepção das famílias sobre o mercado de trabalho, aumentou 1,3 ponto em setembro, para 97,3 pontos, atingindo seu maior nível desde dezembro de 2017.

    'O Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) encontra-se estável, porém em nível elevado. Isto sinaliza o momento de dificuldade no mercado de trabalho enfrentado pelos trabalhadores, apesar da lenta redução observada na taxa de desemprego', completou Barbosa Filho.

    A taxa de desemprego no Brasil caiu pela quinta vez seguida no trimestre até agosto e foi a 12,1 por cento, mas as apreensões devido ao ritmo fraco da economia continuam a afetar os trabalhadores, que seguem desanimados quanto ao mercado de trabalho, de acordo com dados do IBGE.

    (Por Stéfani Inouye)

    Escrito por Thomson Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. indicador antecedente de …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.