Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Instrutora de ginástica esbanja juventude aos 88 anos

    A professora de aeróbica é um exemplo de vitalidade, e deixa muitos alunos sem fôlego

    Publicada em  

    Transcrito:

    Nahida Abden (Sem identificação): "Meu nome é Nahida Abden. Tenho 88 anos e meio. Para mim, a idade é apenas um número. Não significa nada. Até esqueço”.

    Nahida tem realmente 88 anos. Vive no Líbano, e começou a fazer ginástica aos 50 anos.

    Nahida Abden (Sem identificação): “Meu joelho doía, e o médico me disse que eu precisava fazer exercícios. Na primeira vez que vim à academia, tive muita vergonha. Vim com meu genro e meu neto, que faziam ginástica aqui”.

    O começo foi difícil.

    Nahida Abden (Sem identificação): “Quando comecei a vir à academia regularmente, ficava na última fileira da sala. Cada vez que o instrutor passava um exercício, ficava nervosa. Era muito tímida”.

    Mas a sua determinação prevaleceu. E ela até se tornou instrutora de aeróbica.

    Nahida Abden (Sem identificação): “Quando recebi meu diploma, pendurei-o na parede. Mas muita gente me disse que Deus me julgaria se eu não ajudasse os outros. Não é bom que um diploma só sirva para se pendurar na parede. Então comecei a dar cursos, e realmente adorei. Adoro ajudar as mulheres a se soltarem”.

    Nahida já deu aula para mais de mil mulheres. Muitas são 70 anos mais jovens, e ficam surpresas com sua resistência.

    1ª entrevistada (Sem identificação): “Para nós, ela não é apenas uma instrutora, é como uma mãe. Ela nos inspira, queremos ser como ela no futuro”.

    Nahida ficou viúva há 40 anos e nunca se casou novamente. Ela tem quatro filhos, o mais velho tem 60 anos. Todos moram em outros países. Ela diz que o esporte a ajudou a vencer um câncer.

    Nahida Abden (Sem identificação): “Quando foram me operar, o médico disse: ‘Tira uma foto dela!’. Eu estava dançando, cantando e rindo. As pessoas me dizem que eu deveria ser mais feminina. Não, essa é minha feminilidade. É assim, E não estou mal, né? Uso bem pouca maquiagem. Um pouco de blush pela manhã. E para entrevista de hoje, estou usando rímel”.

    Nahida também dirige uma empresa têxtil. Ela tem uma mensagem para todos os preguiçosos:

    Nahida Abden (Sem identificação): “Se vocês pensam que nasceram apenas para comer, beber, trabalhar, dormir e ficar cansados: estão enganados! O exercício permite descobrir que a vida oferece ainda mais!”.

    Veja também:

    Parece um bife, tem gosto de bife, mas não é!

    O Congo volta a lutar contra o pesadelo do ebola

    Escrito por DW

    Últimas Notícias

    1. Home
    2. noticias
    3. instrutora de ginastica …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.