Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
Ícone seta para a esquerda Veja todas as Notícias.

Irã acusa Europa de ceder a 'valentão' Trump em disputa nuclear

Placeholder - loading - Ministro das Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, concede entrevista em Nova Délhi 15/01/2020 REUTERS/Alasdair Pal
Ministro das Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, concede entrevista em Nova Délhi 15/01/2020 REUTERS/Alasdair Pal

Publicada em  

Por Parisa Hafezi e John Irish

DUBAI/PARIS (Reuters) - O Irã disse nesta quinta-feira que países europeus sucumbiram ao 'valentão da escola' Donald Trump ao acionarem um mecanismo de resolução de disputas do acordo nuclear com a República Islâmica, ao qual o presidente dos Estados Unidos se opõe -- uma medida que pode levar à reativação de sanções da ONU.

O acordo, conhecido como JCPOA, foi firmado por Teerã e potências mundiais em 2015, oferecendo ao Irã um alívio das sanções se o país detivesse suas atividades nucleares. Trump retirou os EUA do acordo em 2018 e reativou sanções, dizendo querer um pacto mais rígido.

O Irã reagiu diminuindo o cumprimento dos termos do pacto, e neste mês disse que rejeitou todos os limites ao enriquecimento de urânio, embora queira manter o acordo em vigor.

Reino Unido, França e Alemanha acionaram o mecanismo de resolução de disputas do acordo nesta semana. O governo britânico disse que é hora de um 'acordo de Trump' substituí-lo, e a França disse que conversas abrangentes são necessárias.

Na quarta-feira, o jornal Washington Post noticiou que os EUA ameaçaram impor uma tarifa de 25% sobre importações de peças automobilísticas europeias se os três países europeus não acusassem o Irã de violar o acordo nuclear formalmente.

'Apaziguamento confirmado. O E3 vendeu os resquícios do #JCPOA para evitar novas tarifas de Trump. Não funcionará, meus amigos. Vocês só atiçam o apetite dele. Lembram do valentão da escola?', escreveu o ministro das Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, no Twitter.

Dois diplomatas europeus confirmaram que os EUA ameaçaram tarifas, mas disseram que os líderes dos três Estados europeus já haviam decidido acionar o mecanismo antes disso.

Outro diplomata disse que os EUA criam o risco de 'desacreditar o europeus, mas Trump na verdade não liga para isso', acrescentando que a ameaça de impor tarifas enviaria ao Irã a mensagem de que só Washington importa.

A União Europeia disse nesta quinta-feira que seu principal diplomata, Josep Borrell, teve conversas 'francas' com Zarif nos bastidores de uma conferência em Nova Délhi.

Os europeus se opõem há tempos à decisão de Trump de romper com o pacto nuclear. O mecanismo de disputa inicia um processo diplomático que pode acabar fazendo com que sanções da Organização das Nações Unidas (ONU) ao Irã sejam reativadas, embora os europeus digam que esse não é seu objetivo.

Escrito por Reuters

Últimas Notícias

Placeholder - loading - Imagem da notícia CASACOR: Descubra as tendências das edições de 2022

CASACOR: Descubra as tendências das edições de 2022

A 35º edição da CASACOR São Paulo celebrou a exposição deste ano com o tema “Infinito Particular”. Uma mostra que trouxe diversas tendências do mundo do design, e inovou diversos cômodos. Aqui falaremos um pouco dessas novidades, além de explorar o que esteve em alta nas exibições que aconteceram no Peru, Bolívia e a que vem por aí, em Brasília.

As propostas definitivamente irão te inspirar a valorizar os ambientes da casa de forma moderna e ao passo que mostra as singularidades da moda contemporânea.

A CASACOR possui edições em alguns países da America Latina, como também ao redor do Brasil inteiro. Em Brasília, a exposição acontece agora nos meses de setembro e outubro, já na Bolívia e Peru, 17 de maio e 25 de junho, e 24 de maio e 3 de julho, respectivamente.

Na Bolívia, os irmãos Ana Villagómez e Moisés Villagómez criaram o Loft Refugio Natural, espaço de cem metros² em que a arquitetura e o paisagismo se misturaram de maneira harmônica. A casa recebeu 35 ambientes, projetados por 55 profissionais.

“Usamos muitos materiais nobres, como pedra, revestimento de barro e madeira, e procuramos criar uma conexão entre o ser humano e a natureza”, explicou a paisagista e arquiteta.

Para os ambientes dessa amostra, a aposta é em tons terrosos, couro e elementos em preto que destoam das outras cores do cômodo. Os tons de marrom com a mescla de material estão populares pois dão uma sensação nostálgica e aconchegante ao ambiente. Tons quentes são sempre uma boa pedida para dar um ar de familiaridade ao ambiente.

Já em relação aos móveis em preto, a cor proporciona à sala um refinamento e modernidade. O contraste, nesse caso, é sempre uma boa escolha, principalmente com o resto das peças em dourado e laranja, como exemplifica a decoração da mostra na Bolívia.

No Peru, a mostra contou com a participação de mais de 60 profissionais, entre arquitetos, decoradores, paisagistas e designers. Nessa exposição se destacaram detalhes arredondados e luminárias inusitadas. Móveis com a ausência de quinas estão presentes em luminárias, nas mesas de centro, nos pufes, nos quadros, nos espelhos, nos tapetes e até no encosto das cadeiras da mesa de jantar.

Para a escolha da iluminação, os arquitetos saíram da caixa, escolhendo peças com formatos criativos. Além disso, complementam com cores e estruturas diferentes.

Já a CASACOR Brasília de 2022, celebrará 30 anos em Brasília. A edição comemorativa acontecerá de 3 de setembro a 30 de outubro na Arena BRB Mané Garrincha, no coração da cidade. Ao todo, serão 50 ambientes, todos inspirados no tema Infinito Particular, assim como a edição de São Paulo.

CASACOR São Paulo 2022

Você ainda pode apreciar a mostra para se inspirar e ficar por dentro das tendencias de decoração e design de interiores.

18 min
  1. Home
  2. noticias
  3. ira acusa europa de ceder a …

Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.