Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    May cogita novo referendo do Brexit se conversa com trabalhistas fracassar, diz jornal

    Placeholder - loading - news single img
    Premiê britânica, Theresa May 05/05/2019 REUTERS/Simon Dawson

    Publicada em  

    Atualizada em  

    LONDRES (Reuters) - A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, fez o planejamento de um cenário para um segundo referendo sobre a desfiliação britânica da União Europeia para o caso do Parlamento forçá-la a realizá-lo, noticiou o jornal Daily Telegraph nesta segunda-feira.

    May tem esperança de encontrar uma maneira de fazer o Parlamento aprovar um plano para o Brexit sem outra consulta pública, mas as conversas com o Partido Trabalhista opositor sobre um meio-termo em uma estratégia de saída ainda não renderam um acordo.

    O Telegraph relatou que May conversou com autoridades e ministros sobre a realização de um referendo que permitiria aos eleitores escolher entre deixar a UE com um acordo, sair sem um acordo ou não sair.

    A reportagem citou fontes governamentais não identificadas, segundo as quais o plano para o referendo só se tornaria relevante se as conversas com os trabalhistas fracassarem e a maioria do Legislativo apoiar outra votação pública.

    Segundo o Telegraph, uma fonte do gabinete de May negou que houve uma reunião para debater um segundo referendo sobre o Brexit.

    A votação de 2016 para a saída do Reino Unido do bloco foi decidida por uma maioria de 52 por cento e a decisão continua dividindo o país e paralisando o sistema político. O governo de minoria de May não conseguiu cumprir o prazo de saída de 29 de março, e existe grande incerteza sobre como, quando ou mesmo se o Reino Unido se separará.

    May se opôs publicamente a um segundo plebiscito. Ela disse que, se as negociações com os trabalhistas fracassarem, o Parlamento será convocado a votar uma série de opções para romper o impasse, mas estas opções ainda não foram decididas.

    As conversas com os trabalhistas, que prometeram um apoio condicional a um segundo referendo, devem ser retomadas na terça-feira, e os ministros de May passaram os últimos dias acenando com a possibilidade de um acordo rápido.

    Mas detalhes vazados sobre uma possível concessão irritaram os negociadores trabalhistas, e parlamentares dos dois lados expressaram sua oposição a um pacto entre os partidos.

    (Por William James)

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. may cogita novo referendo do …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.