alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Meirelles minimiza racha no MDB de Minas e prevê 'vitória consagradora' em convenção

    Por Thomson Reuters

    Placeholder - loading - news single img

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - O pré-candidato do MDB à Presidência, Henrique Meirelles, afirmou nesta terça-feira que já tem os votos assegurados para confirmação de sua candidatura na convenção do partido em agosto, apesar de um racha no diretório da legenda em Minas Gerais.

    Meirelles afirmou que a decisão do presidente do MDB, senador Romero Jucá (RR), de dissolver o diretório do partido em Minas por diferenças com o vice-governador mineiro Antônio Andrade não afeta a votação de parlamentares emedebistas do Estado em sua candidatura na convenção partidária.

    'O importante é que teremos o apoio dos parlamentares de Minas, que mantêm o voto na convenção nacional', disse o ex-ministro da Fazenda a repórteres antes de fazer palestra a empresários no Rio de Janeiro.

    'A nossa margem na convenção nacional é muito ampla, não será uma diferença de poucos votos que será decisiva... mas ainda assim Minas terá 17 votos na convenção', afirmou.

    O MDB marcou sua convenção nacional para 2 de agosto, quando a candidatura de Meirelles deve ser oficializada graças a uma mudança de clima a favor do pré-candidato entre os delegados do partido.

    Até o início do mês não havia consenso sobre manter a candidatura de Meirelles dentro do MDB, mas uma peregrinação do ex-ministro para convencer delegados estaduais da viabilidade de seu nome surtiu efeito, de acordo com fontes ouvidas pela Reuters.

    'Estou seguro de que vamos ter uma vitória consagradora na convenção do MDB', afirmou Meirelles, que conta com o apoio do Palácio do Planalto para ser o representante do governo na eleição presidencial de outubro.

    Diante do cenário fragmentado de candidaturas e ainda sem definição de alianças a três meses do pleito, Meirelles disse que a definição do MDB por sua candidatura deu início a uma série de negociações com outros partidos, mas não revelou nomes.

    'No momento em que começou a ficar claro que o MDB vai de fato me escolher como candidato na convenção, os outros partidos passaram a ter interesse em conversar conosco', afirmou, apontando interesse em partidos do chamado centrão que ainda não têm rumo decidido na eleição.

    Sobre seu desempenho nas pesquisas, em que aparece com 1 por cento de intenção de votos nos últimos levantamentos, Meirelles reiterou sua confiança em crescer a partir do início oficial da campanha, quando espera usar o tempo de televisão para alcançar eleitores que não o conhecem.

    'Apesar de ainda ser pequeno o número de pessoas que conhecem a minha história, aqueles que conhecem já manifestam intenção de voto. É meramente uma questão de tempo. Quando começar a programação eleitoral na televisão, vai permitir que a grande maioria dos eleitores conheça o meu histórico', disse.

    (Reportagem de Pedro Fonseca)

    1. Home
    2. noticias
    3. meirelles minimiza racha no …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.