Capa do Álbum: Antena 1
A Rádio Online mais ouvida do Brasil
Antena 1
    Veja todas as Notícias.

    Menos da metade dos norte-americanos quer remoção de Trump após impeachment, diz Reuters/Ipsos

    Placeholder - loading - 18/12/2019 REUTERS/Leah Millis
    18/12/2019 REUTERS/Leah Millis

    Publicada em  

    Por Chris Kahn

    NOVA YORK (Reuters) - Menos da metade dos norte-americanos diz que o presidente Donald Trump deve ser afastado do cargo após seu impeachment pela Câmara dos Deputados, segundo pesquisa Reuters/Ipsos divulgada nesta quinta-feira, apresentando um desafio para os democratas que buscarão sua destituição em um julgamento no Senado dos Estados Unidos.

    A pesquisa online nacional, realizada nas horas seguintes à votação da Câmara na quarta-feira para acusar Trump de abusar de seu escritório e obstruir o Congresso, mostrou que o ato raro e altamente controverso dos parlamentares pouco fez para mudar de idéia a cabeça das pessoas em um país dividido.

    A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, a principal democrata do Congresso, inicialmente hesitou em apresentar acusações de impeachment contra Trump porque estava preocupada com o fato de não haver apoio público suficiente.

    Seu partido, em seguida, procurou construir esse apoio por meio de audiências públicas sobre as alegações de que Trump reteve a ajuda militar para a Ucrânia e pressionou seu presidente a investigar um rival político, Joe Biden, antes da histórica votação de impeachment de quarta-feira.

    Quando perguntado sobre as acusações específicas de impeachment, 53% concordaram que Trump abusou de seu cargo e 51% concordaram que ele obstruiu o Congresso.

    Cerca de 42% dos entrevistados --a maioria democratas-- disseram que o Congresso deveria aplicar sua sanção final e remover o presidente do cargo, como o Senado tem o poder de fazer.

    Outros 17% disseram que Trump deveria ser formalmente repreendido com uma censura pelo Congresso, 29% disseram que querem que as acusações de impeachment sejam rejeitadas e o restante disse que não têm opinião.

    Trump, o terceiro presidente da história dos EUA a sofrer impeachment, agora enfrenta um julgamento no início do próximo ano no Senado. Os republicanos que controlam o Senado apoiaram amplamente Trump durante os procedimentos da Câmara e o líder republicano no Senado, Mitch McConnell, disse que não há chance de o presidente ser condenado.

    O público permaneceu fortemente dividido em relação ao impeachment de Trump, que denunciou as audiências de impeachment como uma caça às bruxas e uma tentativa ilegal de removê-lo do cargo.

    No geral, apenas 44% do público norte-americano disse que aprovou como a Câmara lidou com o impeachment de Trump, enquanto 41% desaprovaram.

    E quando perguntados sobre como o impeachment os deixou se sentindo em relação ao presidente, 26% disseram que agora apoiam Trump, enquanto 20% dizem que apoiam menos e 48% não mudou de opinião de uma maneira ou de outra.

    A pesquisa Reuters/Ipsos foi realizada online, em inglês, nos Estados Unidos. Ele obteve respostas de 1.108 pessoas entre 18 e 19 de dezembro e possui um intervalo de credibilidade, uma medida de precisão, de 3 pontos percentuais.

    (Reportagem de Chris Kahn)

    Escrito por Reuters

    Últimas Notícias

    Placeholder - loading - Imagem da notícia 'Tonight United': Duran Duran lança música em parceria com Giorgio Moroder

    'Tonight United': Duran Duran lança música em parceria com Giorgio Moroder

    Esta sexta-feira, 24 de setembro, já começou com várias novidades no mundo da música e isso inlui o lançamento de 'Tonight United', sendo esse o novo single de Duran Duran em parceria com o rei do disco, Giorgio Moroder. A canção faz parte de  'Future Past', décimo quinto dsico de estúdio da banda. 
     
    Em nota, Simon Le Bond, vocalista do grupo, declarou: "“Giorgio Moroder, Duran Duran ... isso é música para um mundo que está se reunindo”. 
     
    Um dos motivos para 'Tonight United' ter sido divulgada hoje, é que a canção é a música tema do festival 'Global Citizen' - que acontece neste sáabdo (25), em Londres, e será transmitido ao vivo pelo YouTube do evento. Clique aqui para acessar o canal do show.  
     
    Veja o vídeo oficial da música: 
     
     
    “Quando entramos em estúdio pela primeira vez no final de 2018, eu estava tentando persuadir os caras de que tudo o que precisávamos fazer era escrever duas ou três faixas para um EP. Quatro dias depois, com o núcleo de mais de 25 canções fortes, que todas mereciam desenvolvimento, percebi que estaríamos nisso por um longo tempo, mas isso foi antes de Covid-19. Então, aqui estamos nós em 2021 com nosso 15º álbum de estúdio e nos esforçando ao máximo", afirmou Le Bond.  
     
    As demais faixas do disco também contém parcerias com grandes artistas da indútria musical, como Mark Ranson, Lykke Li, To Love, CHAI, Graham Coxon do Blur e Mick Grason - tecladiscta de David Bowie. 
     
    'Future Past' estará disponível em sua versão compelta a partir do dia 22 de outubro deste ano. Confira as músicas foram publicadas, até o momento:
     
     
    Veja mais:
     
    Shows lendários de Bruce Springsteen ganham data de lançamento
     
    Genesis inicia turnê de despedida 'The Last Domino Tour?' na Inglaterra

    2 H
    1. Home
    2. noticias
    3. menos da metade dos norte …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.