alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Órgão britânico salienta o perigo de infecções resistentes a antibióticos

    Por isso que esse tipo de medicamento deve ser sempre utilizado com cautela.

    Placeholder - loading - news single img
    Remédios diversos (Foto: Pixabay)

    3844

    Publicada em  

    Segundo dados obtidos pela rede britânica BBC, houve uma queda de 17% no número de prescrições de antibióticos elaboradas por médicos na Inglaterra nos últimos cinco anos. Mesmo assim, as infecções resistentes a antibióticos ainda estão subindo - um aumento de 9% entre 2017 e 2018, para quase 61 mil.

    O NHS, serviço de saúde pública da Inglaterra, está pedindo para que as pessoas que tomem antibióticos somente quando necessário. E é extremamente necessária a opinião de um médico para avaliar cada caso.

    Os antibióticos são essenciais para o tratamento de infecções bacterianas graves, como sepse, pneumonia e meningite. Mas eles não devem ser usados ??para tratar tosse, dor de ouvido e garganta inflamada, que geralmente desaparecem sem uso de medicamentos.

    Se esses medicamentos forem tomados de forma inadequada, as bactérias nocivas que vivem dentro do corpo podem se tornar resistentes a eles, o que significa que os antibióticos podem não funcionar quando for realmente necessário.

    O relatório anual da PHE sobre resistência antimicrobiana para 2018-19 constatou que as infecções mais potencialmente graves (infecções da corrente sanguínea resistentes a antibióticos) aumentaram um terço entre 2014 e 2018.

    Susan Hopkins, da Public Health England, disse que é preocupante que mais infecções estejam se tornando resistentes aos antibióticos que salvam vidas. Mas também há boas notícias: o consumo total de antibióticos na Inglaterra diminui desde 2014, quando atingiu o pico de 20 anos.

    O relatório não encontrou evidências de que o fato dos médicos prescreverem menos antibióticos levasse a que mais pessoas internadas no hospital com infecções graves.

    1. Home
    2. noticias
    3. orgao britanico salienta o …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.