alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Pesquisa DataPoder360 mostra Lula na frente com 30% e aponta potencial de candidato apoiado por petista

    Por Thomson Reuters

    Placeholder - loading - news single img

    (Reuters) - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera a corrida presidencial com 30 por cento de apoio, contra 21 por cento do candidato do PSL, Jair Bolsonaro, de acordo com pesquisa de intenção de voto do DataPoder360 divulgada nesta quinta-feira que não trouxe um cenário sem o petista, mas mostrou o potencial de um possível candidato apoiado por ele.

    De acordo com o levantamento, Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB) aparecem com 7 por cento cada, enquanto Marina Silva (Rede) tem 6 por cento, com os três candidatos tecnicamente empatados dentro da margem de erros, que é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

    Alvaro Dias (Podemos) aparece com 3 por cento; e Cabo Daciolo (Patriota) e Henrique Meirelles (MDB) têm 2 por cento.

    O levantamento, realizado por telefone entre os 24 a 27 de agosto, entrevistou 5.500 moradores de 329 municípios das 27 unidades da federação, de acordo com o portal Poder360.

    Apesar de Lula estar preso desde o início de abril cumprindo pena pela condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o que deve inviabilizar sua candidatura com base na lei da Ficha Limpa, o portal Poder360 informou que a pesquisa não testou cenários sem o ex-presidente para se focar em questionamentos específicos para saber o potencial de voto dos candidatos.

    Ao questionar se o eleitor “votaria com certeza”, “poderia votar” ou “não votaria de jeito nenhum” em cada um dos principais candidatos, o levantamento apontou um chamado 'potencial de voto'. Nesse panorama, o maior potencial de voto aparece para um 'candidato apoiado por Lula' sem nome definido, com 25 por cento de 'votaria com certeza' e 17 por cento de 'poderia votar'.

    O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, atual vice na chapa de Lula e apontado como provável substituto do ex-presidente em caso de impugnação de sua candidatura, aparece com 8 por cento de voto 'com certeza' e 26 por cento de 'poderia votar' quando apresentado como 'Haddad apoiado por Lula'. O próprio ex-presidente tem 30 por cento de voto 'com certeza' e 7 por cento de 'poderia votar'.

    Ciro (9 por cento), Bolsonaro (8 por cento), Alckmin (7 por cento), Alvaro (6 por cento) e Marina (5 por cento) aparecem a seguir na tabela de 'voto com certeza', enquanto Ciro, Marina e Alvaro aparecem empatados com 26 por cento no 'poderia votar', ante 27 por cento de Alckmin e 17 por cento de Bolsonaro.

    Na ponta da rejeição, Bolsonaro é o que aparece com o maior percentual de 'não votaria de jeito nenhum', com 67 por cento, contra 62 por cento de Alckmin, 61 por cento de Marina e Ciro, 60 por cento de Lula, 55 por cento de 'candidato apoiado por Lula' e 52 por cento de 'Haddad apoiado por Lula' e Alvaro.

    (Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

    1. Home
    2. noticias
    3. pesquisa datapoder360 mostra …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.