alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASILANTENA 1
    Veja todas as Notícias.

    Podcast Antena 1 - Céline Dion

    O podcast sobre a vida e a carreira do seu artista favorito de uma maneira descontraída

    Placeholder - loading - news single img
    Podcast Antena 1 - Artistas. Podcast sobre a vida e a carreira do seu artista favorito. Crédito da imagem: Antena 1

    Publicada em  

    Confira no podcast tudo sobre o seu artista favorito com uma seleção das melhores músicas!

    Transcrito:

    [00:00:11] Você está no Podcast do artista aqui você acompanha tudo sobre a vida e carreira do seu artista favorito e ainda confere curiosidades por trás dos palcos de seus grandes hits de sucesso! 

    [00:01:18] A cantora e empresária canadense, Céline Marie Claudette Dion, nasceu no dia 30 de março de 1968, em Québec, Canadá e é a filha mais nova de 14 filhos. A artista cresceu em uma casa extremamente pobre, mas, segundo ela, muito feliz.

    [00:01:24] A música sempre fez parte de sua família, inclusive seu nome foi originado da música "Céline" do cantor francês Hugues Aufray, gravada dois anos antes de seu nascimento.

    [00:01:35] Em 13 de agosto de 1973, aos 5 anos, a cantora fez sua primeira apresentação pública, no casamento do seu irmão, onde cantou a música "Du fil des aiguilles et du coton" de Christine Charbonneau. Desde então, ela continuou se apresentando com os irmãos no pequeno bar de seus pais, chamado Le Vieux Baril.

    [00:01:54] Aos 12 anos, Dion colaborou com sua mãe e seu irmão, Jacques, ao compor sua primeira canção, "Ce n'était qu'un rêve". Seu irmão, Michel Dondelinger, enviou a gravação para um gerente de artistas na indústria musical, René Angélil, que foi às lágrimas com a voz da cantora e decidiu torná-la uma estrela.

    [00:02:52] Em 1981, o gerente hipotecou sua própria casa para financiar o primeiro disco da artista, La voix du bon Dieu, que se tornou o mais vendido no mercado local e transformando Céline em uma estrela instantânea no Canadá.

    [00:03:17] Posteriormente, a artista se tornou popular em outras partes do mundo ao competir no World Popular Song Festival de 1982, realizado em Tóquio, Japão. No evento ela ganhou o prêmio de "Melhor Performance" e a medalha de ouro de "Melhor Música".

    [00:03:30] Em 1983, Celine se tornou a primeira artista canadense a receber um disco de ouro na França pelo single "D'amour ou d'amitié". Além disso, ganhou diversos Félix Awards, incluindo "Melhor Performance Feminina" e "Descoberta do Ano".

    [00:03:46] O sucesso na Europa, Ásia e Austrália veio quando Dion representou a Suíça no Festival Eurovisão de 1988, com a música "Ne partez pas sans moi" e ganhou o concurso. Porém, o reconhecimento americano ainda estava por vir.

    [00:03:55] Aos oito anos, após ver uma apresentação do Michael Jackson, Dion disse a Angélil que queria ser uma estrela como Jackson. Embora confiante de seu talento, seu empresário percebeu que sua imagem precisava ser mudada para que ela fizesse sucesso ao redor do mundo.

    [00:04:26] Então Dion se afastou dos holofotes e durante um tempo, passou por uma cirurgia dentária para melhorar sua aparência e aprendeu a falar inglês. Dois anos após aprender inglês, Dion fez sua estreia no mercado anglófono com o álbum Unison, que teve colaboração de Vito Luprano e do produtor canadense David Foster. O Álbum foi fortemente influenciado pela música soft rock dos anos 80 e com isso rapidamente encontrou um lugar dentro das rádios de formato adult contemporary. Em 1991, Dion foi uma das solistas no álbum Voices That Care, uma homenagem às tropas americanas que lutaram na Operação Tempestade no Deserto. Mas seu verdadeiro auge internacional veio ao realizar um dueto com Peabo Bryson na faixa-título do filme A Bela e a Fera, da Disney.

    [00:05:37] A canção transmite o estilo musical que Dion usaria no futuro: abrangente e clássico, influenciado por baladas com instrumentos leves, dessa forma se tornou um hit, alcançando o segundo lugar no top 10 dos Estados Unidos.

    [00:05:51] Além disso recebeu 1 Academy Award por Melhor Canção Original e 1 Grammy Award por Melhor Performance Pop por um Duo.

    [00:05:59] Em decorrência dos últimos sucessos, em 1992 a cantora alcançou um dos seus principais objetivos... traçar seu caminho no mercado anglófono e consequentemente... ser reconhecida.

    [00:06:12] Nesta mesma época a cantora e seu empresário Angélil, começaram a namorar, inicialmente a relação foi mantida em segredo, pois tinham receio da reação do público.

    [00:06:17] Mas pouco depois, em 1993, Dion anunciou seus sentimentos por seu empresário, declarando que ele era "a cor do seu amor" na parte dedicatória de seu terceiro álbum, The Colour of My Love. Os pombinhos que esperavam receber críticas devido a diferença de idade entre eles, de 26 anos, na verdade foram muito apoiados e em 1994, casaram em uma cerimônia extravagante, transmitida ao vivo pela televisão canadense.

    [00:07:04] The Colour of My Love, vendeu mais de 6 milhões de cópias nos Estados Unidos, 2 milhões no Canadá e alcançou a 1ª posição nas paradas em muitos países. Dion continuou lançando produções para o mercado francês, entre elas, À l'Olympia, um álbum ao vivo gravado durante um dos seus concertos no Paris Olympia, em 1994. No ano seguinte a artista lançou D'eux, o álbum mais vendido na língua francesa de todos os tempos. Escrito e produzido em grande parte por Jean-Jacques Goldman, com vários singles de sucesso.

    [00:07:37] Durante a década de noventa, os lançamentos de Dion estavam cada vez, alcançando as melhores paradas internacionais.

    [00:07:44] Durante a década de 90, os lançamentos de Dion estavam cada vez alcançando melhores nas paradas internacionais e em 96, ela ganhou pela terceira vez o World Music Award por "Melhor Artista Feminina Recordista de Vendas do Ano". Na mesma época, Dion se estabeleceu como uma das artistas mais vendidas no mundo.

    [00:07:57] Em 98, Céline gravou o álbum natalino, These are Special Times, cheio de composições inéditas e clássicos, como "The Prayer", um dueto com Andrea Bocelli, nomeado ao Oscar e vencedor de 1 Globo de Ouro, além de "I'm Your Angel", dueto com Robert Kelly, número 1 na Billboard.

    [00:08:13] O álbum vendeu 16 milhões de cópias, tornando-se o segundo álbum natalino mais vendido de todos os tempos, atrás apenas de Merry Christmas, da cantora Mariah Carey.

    [00:08:35] No final da década de 90, o marido da artista foi diagnosticado com câncer de laringe e a artista tomou a difícil decisão de parar por um tempo indeterminado a sua carreira para cuidar dele e também ter seu primeiro filho.

    [00:08:52] Nesse espaço de tempo foi lançada uma pequena coletânea dos seus maiores sucessos em inglês, "All The Way... A Decade Of Song", que inclui o tema do filme "O Homem Bicentenário", "Then You Look At Me".

    [00:09:04] Em 2002, Céline volta aos palcos com o álbum "A New Day Has Come", que estreou como número 1 na Billboard e em mais de 27 países. O disco é dedicado ao nascimento de seu primeiro filho, René Charles.

    [00:09:18] No ano seguinte acontece a estreia em Las Vegas, o espetáculo "A New Day...", onde uma réplica do Coliseu de Roma foi construída especialmente para Dion cantar suas canções.

    [00:09:30] O espetáculo multimilionário, fez Céline lucrar apenas em contrato inicial mais de 100 milhões de dólares e ficou em cartaz por 5 anos.

    [00:10:04] Celine já realizou comerciais para a empresa automobilística Chrysler, que passaram a ter como jingle o sucesso “I Drove All Night”. No dia 23 de outubro de 2010, a cantora deu à luz aos gêmeos Nelson e Eddy, o que não a afastou dos holofotes, pois logo em seguida Celine participou pela 7ª vez do Oscar, tornando-se a artista que mais se apresentou na premiação.

    [00:10:27] Além disso, a cantora também se tornou a pessoa que mais participou do programa da Oprah.

    [00:10:33] Dion voltou ao Caesar's Palace, em Las Vegas, para residir por mais três anos no Coliseum, onde se apresentou com o show "A New Day... Live in Las Vegas".

    [00:10:43] Logo depois a cantora passou a apresentar um novo espetáculo, intitulado "Céline", que arrecadou 89 milhões de dólares somente nas primeiras apresentações.

    [00:10:51] Em meados de 2015 seu marido, foi diagnosticado novamente com câncer de garganta, o que levou a artista a interromper sua turnê em Las Vegas para se dedicar integralmente a ele.

    [00:11:05] Infelizmente, no ano seguinte, seu companheiro de longa data veio a falecer aos 73 anos.

    [00:11:11] Não obstante, o drama de Céline parecia não ter fim, assim, dois dias após a perda de Renè, seu irmão Daniel Dion de 59 anos, também veio a falecer por câncer.

    [00:11:37] Pouco mais de um mês após ficar viúva e perder o irmão, Dion voltou aos palcos no The Colosseum, em Las Vegas, Estados Unidos.

    [00:11:45] A emoção tomou conta da apresentação diversas vezes, mas o momento mais intenso foi durante a música "All By Myself". A estrela não se conteve e não conseguiu terminar o hit, caindo no choro e sendo homenageada pelos fãs.

    [00:11:52] No dia 22 de maio de 2016, o Billboard Music Awards, cerimônia que premia anualmente artistas do mundo da música, condecorou a cantora com o Icon Awards, um prêmio em reconhecimento à importância de sua carreira.

    [00:12:30] Durante o anúncio da categoria, feito pelo cantor Seal, seu filho mais velho, de 15 anos, foi convidado para entregar o troféu, o que emocionou a todos. Em seguida, a cantora fez uma performance da faixa “The Show Must Go On”, do Queen, em homenagem ao seu marido.

    [00:12:47] Uma semana antes da apresentação, Celine havia lançado a versão em estúdio da canção "The Show Must Go On", feita em colaboração da violinista Lindsey Stirling.

    [00:13:01] No mês seguinte Dion prestou mais uma homenagem ao marido, estreando a música “Recorvering”, escrita pela Pink.

    [00:13:09] Em março de 2017, seu single " How Does a Moment Last Forever ", foi lançado na trilha sonora do live action de A Bela e a Fera.

    [00:13:17] Neste período, Dion também embarcou em duas turnês de verão no Canadá e na Europa entre 2016 e 2017. Recentemente, Céline lançou o single “Ashes”, que compõe a trilha sonora do filme Deadpool 2. Você confere agora alguns dos principais hits desse podcast! 

    1. Home
    2. noticias
    3. podcast antena 1 celine dion

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.