alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Polícia turca tem áudio que indica que jornalista saudita foi morto em consulado, dizem fontes

    Por Thomson Reuters

    Placeholder - loading - news single img

    ISTAMBUL (Reuters) - Autoridades turcas têm uma gravação de áudio que indica que o jornalista saudita desaparecido Jamal Khashoggi foi morto dentro do consulado da Arábia Saudita em Istambul, afirmaram uma autoridade e uma fonte de segurança da Turquia nesta segunda-feira.

    'A polícia turca tem uma gravação de áudio que indica que Khashoggi foi morto no consulado saudita', disse a fonte de segurança à Reuters, sem fornecer detalhes adicionais.

    A Arábia Saudita tem negado veementemente ter matado Khashoggi, um crítico das políticas do reino, e o Ministério do Interior saudita descreveu as acusações como 'mentiras'. Autoridades sauditas disseram que o jornalista deixou o consulado pouco depois de entrar.

    Uma autoridade turca disse, no entanto, que evidências que mostram que Khashoggi foi morto estão sendo compartilhadas com outros países, incluindo a Arábia Saudita e os Estados Unidos.

    Khashoggi, colunista do jornal Washington Post e morador dos Estados Unidos, não é visto desde que entrou no consulado no dia 2 de outubro para obter documentos para se casar. A noiva de Khashoggi disse que ele nunca deixou o prédio.

    'As evidências têm sido enviadas a todos os lados muito claramente', disse a fonte de segurança. 'Agora, estamos no estágio de coletar evidências concretas no consulado'.

    1. Home
    2. noticias
    3. policia turca tem audio que …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.