alexametrics
Capa do Álbum: Antena 1
ANTENA 1A RÁDIO ONLINE MAIS OUVIDA DO BRASIL

    Premiê irlandês diz que divergências sobre Brexit permanecem; fontes da UE relatam 'impasse'

    Placeholder - loading - news single img
    Premiê irlandês, Leo Varadkar, durante coletiva de imprensa em Estocolmo 03/10/2019 TT News Agency/Henrik Montgomery/via REUTERS

    2272

    Publicada em  

    Por Gabriela Baczynska e Padraic Halpin

    BRUXELAS/DUBLIN (Reuters) - O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, disse nesta quarta-feira que as últimas negociações entre a União Europeia e o Reino Unido não conseguiram resolver, até o momento, os problemas que impedem um Brexit amigável, e fontes da UE relataram um 'impasse' nas conversações.

    As dificuldades se concentram no comércio entre o bloco e o Reino Unido após a separação e na situação da fronteira irlandesa, embora Michel Barnier, principal negociador da UE para o Brexit, tenha dito que estava otimista em relação a um acordo.

    'Existe um caminho para um possível acordo, mas há muitas questões que ainda precisam ser totalmente resolvidas', afirmou Varadkar em discurso. 'Acho que estamos progredindo, mas ainda há questões a serem resolvidas e espero que possam ser feitas hoje'.

    'Mas, se não forem, ainda há mais tempo. 31 de outubro ainda está a algumas semanas e existe a possibilidade de uma cúpula adicional antes disso, se precisarmos de uma... Embora o tempo esteja acabando, estou confiante de que os objetivos (da Irlanda) podem ser alcançados.'

    Varadkar disse que conversou com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, no início do dia. Johnson prometeu tirar o Reino Unido da UE em 31 de outubro com ou sem um acordo com Bruxelas.

    Pouco antes de Varadkar falar, fontes da UE disseram que as negociações haviam chegado a um 'impasse' sobre um futuro acordo comercial com o Reino Unido e a rejeição pelo Partido Unionista Democrático (DUP), da Irlanda do Norte, para as soluções alfandegárias provisoriamente acordadas pelos negociadores.

    'Ruiu porque o DUP rejeitou o acordo alfandegário em sua reunião com Johnson', disse uma autoridade da UE à Reuters. 'Portanto, houve um acordo aduaneiro provisório, mas foi derrubado.

    'O Reino Unido está negociando conosco novamente, sem poder garantir a maioria na Câmara dos Comuns. Já estivemos aqui antes', acrescentou.

    Escrito por Reuters

    1. Home
    2. noticias
    3. premie irlandes diz que …

    Este site usa cookies para garantir que você tenha a melhor experiência.